Em parceria com WhatsApp e Robbu, Governo Federal lança serviço inédito de emissão de alertas de desastres

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), vai lançar, em parceria com o WhatsApp e a Robbu, um serviço inédito de emissão de alertas de desastres por meio do aplicativo em todo o País. Nesta quarta-feira (29), o ministro do Desenvolvimento Regional, Daniel Ferreira, assinará o Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para dar continuidade ao desenvolvimento do projeto, que estará disponível em até 60 dias.

Participarão da cerimônia, que será transmitida pelo canal do MDR no Youtube, o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil do MDR, coronel Alexandre Lucas, o diretor de Políticas Públicas para o WhatsApp no Brasil, Dario Durigan, e o diretor Comercial da Robbu, Francisco Dabus.

Para ter acesso ao serviço, será necessário se cadastrar, a partir da disponibilização de um número, link ou código, e, em seguida, interagir com o chatbot. Na sequência, o usuário poderá compartilhar sua localização atual ou qualquer outra do seu interesse e, dessa forma, receber os alertas para aquela região, além de dicas de autoproteção, melhores rotas de evacuação no caso de um desastre e até alertas ativos em outros estados do Brasil. A iniciativa é inovadora no País e tem foco no desenvolvimento da percepção de risco e, consequentemente, na prevenção de ocorrências graves.

Serviço
Defesa Civil Nacional, WhatsApp e Robbu lançam parceria para emissão de alertas de desastres
Data: 29 de junho de 2022
Hora: 11h (Horário de Brasília)
Transmissão pelo canal do MDR no Youtube

Para saber mais sobre notícias e ações regionalizadas do MDR, jornalistas interessados podem acessar os grupos de WhatsApp por estado. Clique neste link para acessar.

 

 

Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR)

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook:
https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: