Barueri

Usuários de drogas da Cracolândia saqueiam loja no centro de São Paulo

Usuários de drogas da Cracolândia saquearam uma loja especializada em conserto e venda de acessórios para celulares localizada na Rua Santa Ifigênia, na região central de São Paulo. Segundo comerciantes ouvidos, os furtos ocorreram por volta das 21h de quarta-feira.

Ângela Aparecida contou que essa foi a segunda vez que a loja de eletrônicos foi invadida por dependentes químicos desde a época da pandemia.

“Levaram todas as máquinas, celulares de clientes. Toda a mercadoria, não sobrou nada. Eu ainda tenho que responder por celulares de clientes. Porque tem uns que entendem, outros não. Não tenho como mais levantar dinheiro para comprar nada e reabrir a loja”, afirmou.

Veja o momento em que loja de eletrônicos é saqueada por usuários da  cracolândia no Centro de SP; Vídeo

Ainda de acordo com a empresária, ela foi avisada sobre o saqueamento por vizinhos da loja, que ligaram para informar sobre o ocorrido. Ela e o filho tentaram ir ao local para impedir a ação dos usuários de drogas, mas acabaram sendo agredidos pelo grupo.

“Os vizinhos começaram a ligar e quando a gente desceu, para tentar evitar e conversar para não arrombar a loja. Mas eles já começaram a jogar pedra, atirar faca. Tinha um ou outro que levantou arma. A gente teve que voltar e esperar que levassem tudo”, desabafou a empresária.

Devendo dois meses de aluguel da loja, por conta do último saque, agora a empresária vai precisar arcar com o prejuízo de cerca de R$80 mil, valor referente aos produtos que foram levados. Ângela afirmou que agora está “completamente falida” e sem condições de se reerguer.

 

Fonte: CORREIO BRAZILIENSE

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook:
https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.