Outubro Rosa - Barueri

Volta de Ribamar Silva marca 4ª edição do Programa Nossa História

Na manhã desta quinta-feira (30), o hasteamento das bandeiras do Brasil, do estado de São Paulo e do município de Osasco marcaram a 4a edição do Programa Nossa História, uma iniciativa da Frente Parlamentar Nossa História, liderada pelo vereador Rogério Santos (PL).

Silva relembrou a história da família em Osasco, cujo pai nasceu na cidade e da mãe, nascida em Pernambuco e que aqui chegou com sete anos de idade. No momento de maior emoção do discurso, Silva lembrou da irmã, falecida em 2021 por conta da covid-19.

Bandeiras
Foram homenageados, no ato, o vereador Ribamar Silva (PSD), presidente da Câmara; Marcos Arruda, diretor da Escola do Parlamento de Osasco e Jorge Cantagessi (Poio) Chefe de Gabinete do prefeito Rogério Lins.

Silva foi responsável por hastear a bandeira do Brasil na cerimônia. Silva ressaltou a importância do Programa Nossa História e a importância do civismo e da cidadania na vida pública da cidade de Osasco.
Cantagessi, cuja trajetória profissional e política está vinculada a Osasco desde sempre, ergueu a bandeira estadual de São Paulo. Ele agradeceu o trabalho do gabinete do Prefeito e a importância de exaltar os símbolos nacionais, municipais e estaduais.

Por fim, Arruda, ex-vereador e hoje diretor da Escola do Parlamento, hasteou a bandeira de Osasco. Ele falou sobre o trabalho da EPO e do objetivo de transformar a entidade em referência de educação legislativa.

O programa Nossa História foi criado em virtude dos preparativos para as comemorações dos 60 anos de emancipação de Osasco e do bicentenário da Independência do Brasil. O intuito é estimular a prática do civismo e da cidadania em nossa cidade.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: