Outubro Rosa - Barueri

UBS do Parque Imperial em Barueri realiza fórum “Prevenção ao Suicídio”

Na Unidade Básica de Saúde (UBS) Armando Gonçalves de Freitas, no Parque Imperial, ocorreu o Fórum “Prevenção ao Suicídio”. O objetivo é esclarecer aos munícipes as principais causas que podem levar as pessoas a cometerem suicídio e buscar alternativas para evitá-lo.

O evento faz parte da campanha Setembro Amarelo, em curso em todas as unidades de saúde e em outros órgãos da Prefeitura, com o objetivo de chamar a atenção para o crescente número de pessoas que tiram a própria vida no Brasil e no mundo. Assistência, escuta qualificada e amparo baseiam as iniciativas, alternativas para quem passa por qualquer tipo de sofrimento psíquico.

A psicóloga da UBS, Fernanda Sarmento da Silva, relata os principais sintomas e como acontece a avaliação. “O munícipe pode procurar ajuda em saúde mental quando se sentir triste, desanimado, com dificuldades pra dormir, se estiver pensando em se machucar ou se matar. Na UBS será agendado um atendimento com o psicólogo para avaliação de risco e, se necessário, encaminhamento para o CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) ou para o pronto-socorro, dependendo do risco e da gravidade”, detalha.

Em 2021 (de janeiro a agosto), 300 pessoas vêm utilizando a unidade para esse tipo de acompanhamento. “Estamos retomando gradativamente o atendimento em grupo agora em outubro. Iremos ligar para as pessoas em espera, agendar um primeiro atendimento de triagem, para identificar qual é a demanda e, a partir daí, orientar sobre o atendimento em grupo, assim poderemos ampliar a assistência”, esclarece a especialista em saúde mental.  Com a pandemia, os atendimentos em grupo tiveram de ser interrompidos e só agora estão sendo retomados.

Os moradores do Parque Imperial interessados podem procurar a UBS Armando Gonçalves de Freitas, situada na rua Padre Cícero Romão Batista, 271, ou ligar no número (11) 3164-9753 para mais informações.

Dados sobre o transtorno em 2020

De acordo com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública, no Brasil foram registrados 12.895 casos de suicídio. Os estados que concentram mais casos foram São Paulo, Minas Gerais e Porto Alegre.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), no mundo, anualmente, são registradas de 700 mil a 800 mil ocorrências de mortes por suicídio. A faixa etária mais afetada parte de 15 até 29 anos. Os homens correspondem a 12,6 a cada 100.000 registros; no caso das mulheres, chega 5,4 a cada 100.000. Países de baixa e média renda são responsáveis por 79% dos suicídios no mundo.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: