Transportes Metropolitanos entregam espaços de acolhimento no Dia Internacional da Mulher

As empresas ligadas à Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM) entregam novos espaços de acolhimento no Dia Internacional da Mulher (08/03), data que simboliza a luta das mulheres por igualdade de gênero. Nas salas, as passageiras da CPTM, Metrô e EMTU recebem atendimento individualizado quando vítimas de violência ou assédio no transporte público. Além disso, serão realizadas exposições que reforçam o poder feminino.

Espaço Acolher – A CPTM inaugura a 42ª sala do Espaço Acolher, que oferece atendimento humanizado e com privacidade a mulheres vítimas de violência ou importunação sexual nos trens e estações da companhia. No local, o suporte é dado longe do agressor e feito por uma pessoa preparada para lidar com a situação. Essa rede de apoio eleva ainda mais a capacidade de atendimento às mulheres que sofrem esse tipo de agressão. Todas as sete linhas da CPTM possuem o serviço, com um importante diferencial: se a vítima sofrer a agressão em um local que não possua a sala, ela precisará se locomover por apenas uma estação, em qualquer sentido, para encontrar o suporte.

A CPTM também terá um grafite em homenagem à enfermeira Mônica Calazans, a primeira pessoa a receber a vacina contra a Covid-19 no Brasil, na Estação José Bonifácio, na Linha 11-Coral da CPTM. O trabalho do artista Todyone – que já fez outros grafites em muros da Companhia – também homenageará outras mulheres por conta do Dia Internacional da Mulher.

Espaço Por Elas – O primeiro Espaço Por Elas será lançado no Terminal São Mateus, da EMTU. O local tem objetivo de acolher e orientar mulheres em situação de violência. O atendimento será realizado sempre às segundas-feiras pela manhã, das 9h às 12h, na plataforma D, iniciando no dia 15/3. O espaço é realizado em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Centro de Atenção Psicossocial São Mateus, Metra, Fundação ABC, Supervisão de Saúde de São Mateus, Associação Comunitária e Beneficente “Pe. José Augusto Machado Moreira”, Unidades Básicas de Saúde São Mateus, Centro de Defesa e de Convivência da Mulher Casa Cidinha Kopckap e Centro de Práticas Naturais São Mateus.

Posto Avançado de Apoio à Mulher – O Metrô, em parceria com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), abre mais uma unidade física para acolhimento de vítimas de violência doméstica com o início das atividades do Posto Avançado de Apoio à Mulher na estação Luz (Linha 1- Azul), que funcionará de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h, exceto feriados. Mulheres vítimas de violência, seja psicológica, física, moral ou que tenham sofrido qualquer outro tipo de agressão ou assédio, poderão ser atendidas por uma equipe especializada composta por assistentes sociais e psicólogas. O posto também realizará encaminhamentos para redes de enfrentamento à violência contra a mulher, como os Centros de Referência da Mulher (CRM). A unidade é segunda no sistema, depois da inauguração em dezembro do posto na estação Santa Cecilia, na Linha 3- Vermelha.

A ação também integra a campanha “Sinal Vermelho Contra a Violência Doméstica”, iniciativa na qual as vítimas de qualquer agressão ou assédio podem ir a qualquer uma das 62 estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata e mostrar discretamente a um funcionário um “X” desenhado na mão, como forma de denúncia discreta.

Exposições – A Linha da Cultura do Metrô inaugura na Estação Santa Cecília, da Linha 3-Vermelha do Metrô, uma exposição de fotografias de mulheres com a projeção de números da violência em seus corpos. Ao expor o aumento dos casos, a arte busca ajudar no combate à violência. O material também pode ser acessado no site da Linha da Cultura (https://biblioteca.metrosp.com.br/index.php/ptbr/linha-da-cultura/359-linha-visuais/903-pele).

Na exposição “Mátria”, na Estação Paulista da Linha 4-amarela, a artista plástica Priscila Barbosa usa como referência poses e cenas da arte clássica europeia para questionar o papel frágil de musa dócil imposto às mulheres ao longo da história da arte.

Já a mostra “Todas as Mulheres do Mundo”, reúne reproduções de obras de dez artistas mulheres com várias técnicas na Estação São Paulo-Morumbi, também na Linha 4. As exposições também estão disponíveis no perfil da ViaQuatro no Facebook (https://www.facebook.com/ViaQuatroSP).

Prevenção ao câncer – A parceria das concessionárias ViaQuatro e ViaMobilidade com a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica irá disponibilizar nos nichos de leitura de todas as estações das linhas 4 e 5 de metrô, folders com informações de prevenção aos tipos de câncer que mais acometem as mulheres, ao longo do mês de março.

SERVIÇO:

CPTM
– Espaço Acolher

Local: Estação Vila Olímpia, da Linha 9-Esmeralda

– Grafite Mônica Calazans

Local: Estação José Bonifácio, da Linha 11-Coral

EMTU
– Espaço Por Elas
Início: Na próxima segunda-feira (15/03)
Local: Terminal São Mateus, Plataforma D

Horário de atendimento: Todas as segunda-feiras, das 9h às 12h

Metrô
– Posto Avançado de Apoio à Mulher
Local: Estação Luz, da Linha 1-Azul

Horário: Segunda a sexta-feira, das 10h às 16h

– Exposição À Meia Luz na Pele
Data: a partir de 4 de março
Local: Estação Santa Cecília, na Linha 3-Vermelha
ViaQuatro:
– Exposição Mátria
Data: até 31 de março
Local: Estação Paulista, na Linha 4-Amarela
– Mostra Todas as Mulheres do Mundo
Data: até 31 de março
Local: Estação São Paulo-Morumbi, na Linha 4-Amarela
Secretaria dos Transportes Metropolitanos – A STM cuida diariamente (em tempos normais) do transporte de cerca de 10 milhões de passageiros que usam os ônibus gerenciados pela EMTU, além dos trens do Metrô, da CPTM e das linhas 4-Amarela e 5-Lilás, concedidas à iniciativa privada. A Estrada de Ferro Campos do Jordão, no interior do Estado, também é responsabilidade da STM, assim como o Parque Capivari, igualmente em Campos do Jordão e concedido à iniciativa privada.

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: