Barueri

SP inicia vacinação contra COVID-19 para pessoas com síndrome de Down

O Governador João Doria acompanhou nesta segunda-feira (10) o início da campanha de vacinação contra a COVID-19 para pessoas com síndrome de Down, no Instituto Jô Clemente, na capital. O primeiro dia com a inclusão do novo grupo na campanha já teve mais de 1,1 mil vacinados com idade a partir de 18 anos.

“Estou muito feliz por termos a oportunidade de iniciar a vacinação de todos que têm síndrome de Down de 18 a 59 anos”, afirmou o Governador. “Temos um comitê que se reúne todas as quintas-feiras. Todos os setores da Saúde de São Paulo se reúnem para avaliar criteriosamente o passo a passo da vacinação. Eu participo da reunião, o Vice-Governador e também outros Secretários que possam contribuir”, acrescentou Doria.

Também acompanharam a vacinação a Primeira-Dama Bia Doria, os Secretários de Estado Célia Leão (Direitos da Pessoa com Deficiência) e Jean Gorinchteyn (Saúde), a Coordenadora do Programa Estadual de Imunização, Regiane de Paula, e o Presidente do Instituto Jô Clemente, Michel Brull.

Para receber as doses, as pessoas com Down devem apresentar laudo médico, diagnóstico ou tratamento e comprovante da condição de risco por meio de exames, receitas, relatório ou prescrição médica, além de documento de identificação. Cadastros prévios de Unidades Básicas de Saúde também podem ser utilizados.

A síndrome de Down é uma condição genética causada quando uma divisão celular diferente do habitual resulta em material extra do cromossomo 21. No Brasil, a cada 700 nascimentos, um é de criança com síndrome de Down.

Segundo estimativa relacionada à Base de Dados dos Direitos da Pessoa com Deficiência (www.basededados.sedpcd.sp.gov.br/), há mais de 66 mil pessoas com Down no estado de São Paulo.

Novos grupos

A partir desta terça (11), pessoas com deficiência permanente que têm entre 55 e 59 anos e recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) também darão início à vacinação contra a COVID-19.

Já na próxima sexta (14), pessoas com deficiência permanente na faixa de 50 a 54 anos poderão tomar a primeira dose do imunizante na campanha contra o coronavírus.

 

Fonte: Governo do Estado de SP

 

#linkbio #jornalimprensaregionalregoeste #jdoria #governodoestadodesaopaulo #NovosTempos #EstadodeRespeito #JuntosPorSãoPauloePeloBrasil #combateaocoronavirus #rodrigogarciaoficial #covid19 #secretariaestadualdesaudedesp #saudepublica #campanhasobreocoronavirus #daviduip #quarentena #FicaEmCasa #prorrogacaodaquarentena #retomadagradualdaeconomia #prefeituradesp  #usemascaras #marcovinholi #ronaldodaher #dianacionaldelutadapessoacomdeficiencia

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: