Natal Encantado - Barueri

SDPD e Hospitais de Barueri realizam seleção profissional de pessoas com deficiência

Mais uma seleção de profissionais do cadastro da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD) de Barueri, por meio do Departamento de Empregabilidade, foi realizada na última sexta-feira, dia 23, num amplo espaço disponibilizado no refeitório da entidade a fim de evitar aglomerações.

Os seis candidatos a uma vaga de escriturário no Hospitalis foram divididos em três turmas. As máscaras e o álcool em gel completavam os requisitos. A cada saída de candidatos a higienização no ambiente era completa, inclusive nas placas de acrílico para proteção.

Denny Santana Padilha, o representante de um dos maiores hospitais particulares de Barueri, é quem explicava a carga horária, os benefícios, o salário e distribuía os testes compostos por 10 questões de Língua Portuguesa, três de Matemática e uma Redação (tema: “Qualidade no Atendimento”).

Os candidatos tinham 90 minutos para completar o teste. Para passar à última fase da seleção (entrevista direta com a chefia do setor de trabalho), é exigido aproveitamento mínimo de 60%. “Houve um aumento de demanda no serviço e estamos contratando novos profissionais. Nossa empresa respeita a Lei 8.213”, lembra Denny.

A Lei Federal em referência, sancionada há quase 30 anos, prevê que empresas que tenham de 100 a 200 funcionários contratem 2% de pessoas com deficiência, e assim progressivamente. Confira a lei na íntegra AQUI.

Luta por espaço
A ideia previa que muitas vagas seriam criadas, mas segundo a RAIS (Relação Anual de Informações Sociai) de 2019, há 486.756 pessoas com alguma deficiência trabalhando formalmente no Brasil, número que não chega a 1% do contingente. A fiscalização é de responsabilidade das Superintendências Regionais do Trabalho.

“Já cadastramos 283 empresas desde a criação do Departamento de Empregabilidade para facilitar as contratações previstas na Lei. A SDPD já realizou diversos processos seletivos, que resultaram na contratação de 96 trabalhadores com deficiência em 2019 e 2020”, ressalta Thalita Souza, assessora de gabinete da SDPD.

Devido à crise econômica acarretada pela pandemia de Covid-19, os processos seletivos reduziram drasticamente em 2021. Uma nova lei sancionada em julho/2020 (14020/20), prevê que pessoas com deficiência não sejam demitidas de qualquer empresa, exceto por justa causa.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: