Barueri

Santana de Parnaíba é a 4ª cidade com mais Mobilidade Urbana e Acessibilidade do Estado de São Paulo

Em levantamento realizado pela Urban Systems*, Santana de Parnaíba atingiu uma marca expressiva, ficando na 4ª posição entre as cidades do Estado de São Paulo no ranking de Mobilidade Urbana e Acessibilidade, atrás apenas de São Paulo, Campinas e Guarulhos. A cidade também ficou na 22º posição nacional na mesma categoria.

Considerando apenas as cidades com até 1 milhão habitantes, Santana de Parnaíba destacou-se em 1º lugar como a que mais desenvolveu-se em Mobilidade Urbana e Acessibilidade, em todo Estado de São Paulo.

Para se chegar aos resultados, a empresa, que é especializada em análise de dados demográficos em mapas digitais e realiza estudos de modo a ser uma plataforma de discussões e negócios sobre cidades inteligentes, além de fazer o entendimento e definição dos indicadores que apontem o desenvolvimento sustentável e humano das cidades brasileiras, utilizou-se de nove indicadores, dos quais oito estão diretamente ligados à mobilidade e acessibilidade e um é voltado para o eixo de segurança (mortes no trânsito). Disponibilidade de ciclovias, conexões interestaduais e veículos de baixa emissão estão entre alguns dos aspectos analisados.

O resultado alcançado se deve ao trabalho realizado pela prefeitura no decorrer dos últimos anos para melhorar as condições de Mobilidade Urbana e Acessibilidade, sendo o maior, em termos de extensão, a duplicação da Avenida Tenente Marques, que visa proporcionar mais fluidez e acabar com os congestionamentos na região, gerando melhorias para o cidadão parnaibano e para a economia do município. Foram finalizadas a 1ª e a 2ª fase desde a divisa com o município de Cajamar até a entrada do bairro Vila Poupança e no momento está sendo executada a 3ª fase da obra, que vai desde a Arena de Esportes até o Complexo Viário da Nova Ponte sobre o Rio Tietê.

A Duplicação da Avenida Pentágono, no Alphaville, a Duplicação da Estrada Marechal  Mascarenhas, na região do Sítio do Morro e a tão esperada ligação entre os bairros do Colinas da Anhanguera e Cidade São Pedro são outras importantes grandes obras que estão sendo executadas. E, em breve, a prefeitura iniciará a construção da passarela em frente a atual sede do Colégio Imídeo que fará a ligação com o Terminal Rodoviário da Fazendinha, proporcionando maior fluidez no trânsito, além de mais segurança para os alunos e usuários do transporte público.

Outro dado relevante é que de acordo com Infosiga – SP, Santana de Parnaíba apresentou a redução de 32% no número de acidentes com vítimas, a diferença é entre o mês de março e abril, algo que pode ser atribuído a programas como o Ilumina Parnaíba

que implantou led em todos os bairros, classificando a cidade como a primeira com iluminação 100% LED do Brasil, a implantação de sistemas de fiscalização eletrônica, que inibem os abusos no trânsito, além do trabalho constante de sinalização.

Situado entre três grandes rodovias, a localização geográfica é outro aspecto que favorece o município quando o tema é mobilidade, uma vez que o ponto logístico traz agilidade e facilita no escoamento de produção para os principais aeroportos e para o Porto de Santos, por meio das rodovias Castello Branco, Anhanguera e do Rodoanel.

Fora o investimento na infraestrutura viária, a administração municipal não deixa de lado a questão do transporte coletivo, atualmente são 18 linhas municipais e 53 intermunicipais, garantindo a cobertura em todo o município, além de fazer conexão com as cidades vizinhas e as principais linhas ferroviárias. Futuramente a prefeitura implantará o projeto de integração de ônibus no município, no qual a primeira fase vai integrar a tarifa utilizando os bilhetes eletrônicos (cartão BEM), permitindo que com apenas uma tarifa o usuário faça a integração para deslocamento no município, com o intuito de reduzir os custos do cidadão com transporte público.

De olho no futuro, também está sendo realizado a implantação de 30 km de ciclovias em diversos bairros do município que serão importantes para fomentar a utilização das bikes como transporte, além da redução de congestionamento, poluição, gerando impactos diretos para a sustentabilidade, saúde, bem-estar e qualidade de vida.

Além de todos esses investimentos, nos últimos 8 anos a prefeitura realizou a pavimentação e recapeamento de mais de 300 km de vias (só na última semana 20 ruas foram pavimentadas nos bairros do Ingaí e Cururuquara) e a implantação de mais de 70 km de calçadas em toda a cidade. Foram entregues importantes obras voltadas à mobilidade urbana e acessibilidade como a construção da Nova Ponte do Viário, a Passarela e o alargamento da Avenida Yojiro Takaoka, os terminais rodoviários do Centro, Fazendinha e Alphaville, as Duplicações da Estrada do Romeiros (remoção da perigosa curva da morte), Via Parque e Paiol Velho, a Praça 14 de Novembro, que foi reformada e agora está totalmente acessível, a Construção do Túnel Oscar Niemeyer, em Alphaville, entre outras realizações que fizeram com que tornaram a cidade referência em mobilidade urbana e acessibilidade para todo o estado e para o país.

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: