Barueri

Programa do Sebrae com a Sict dá um “empurrão” às startups de Barueri

Indicar os melhores caminhos do desenvolvimento e assim dar um empurrão para o crescimento às jovens startups de Barueri. Este é o objetivo da parceria firmada entre o Sebrae-SP (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), com seu programa Start, a Associação Brasileira de Startups (ABStartups) e a Secretaria de Indústria, Comércio e Trabalho (Sict) da Prefeitura. 

São 10 vagas para as startups da cidade e as inscrições podem ser feitas AQUI até 15 de junho. O programa é gratuito e tem por foco promover mentorias e acompanhamentos on-line aos empreendedores participantes.  

Além disso, o programa do Sebrae prevê a realização de meetups, que são encontros com públicos de interesse em relação aos negócios das startups. 

Possibilidade de crescimento
Conforme o programa, as startups escolhidas para participar da iniciativa terão três meses de atividades, que vão desde o apoio de um “head” de aceleração (agente, gestor ou mentor voltado para avaliar o desempenho da empresa e dar direcionamento aos novos negócios) até a possibilidade de conexão com especialistas do mercado e com os principais atores do chamado ecossistema de inovação da região.

“Esperamos contribuir para dar um impulso para as startups aqui da cidade, buscando sempre as melhores parcerias. E a iniciativa do Sebrae vem justamente neste sentido”, disse o secretário de Indústria, Comércio e Trabalho, Joaldo Macedo Rodrigues, o Magoo.

Além disso, as empresas de inovação participantes terão acesso ao CASE 2022 – Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo, que vai acontecer em 17 e 18 de novembro no Transamérica Expo Center, em São Paulo. 

 

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: