Profissionais do Serviço Social de Barueri recebem capacitação em IST / Aids

A equipe do Programa IST / Aids e Hepatites Virais de Barueri acaba de concluir a capacitação de mais uma turma no “Curso de Acolhimento em IST / Aids” voltado exclusivamente aos profissionais do Serviço Social que atuam na rede de saúde de Barueri.

É a primeira vez que a capacitação é oferecida à categoria no município e duas turmas já participaram: a primeira nos dias 10 e 11 de março e a segunda, 5 e 6 de maio. Ao todo, 21 profissionais foram certificados.

Teoria sobre HIV, Sífilis e outras ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis), parte epidemiológica, aspectos éticos do processo de testagem, prevenção combinada, revelação diagnóstica, fluxo de encaminhamento de PEP (Profilaxia Pós-exposição ao HIV) e PrEP (Profilaxia Pré-exposição ao HIV), documentação e laudos foram os pontos abordados nas aulas.

“Esse curso foi um dos desdobramentos das ações do Grupo Técnico de Monitoramento de Sífilis Congênita e HIV. O principal objetivo é que esses profissionais possam somar esforços nas unidades junto com as equipes no enfrentamento desses agravos, acolhendo, orientando, realizando entrevista pós-teste, vinculação dos casos reagentes e encaminhamentos às referências”, detalha Reinildo de Souza, responsável pelo Programa IST / Aids no município.

Um reforço e tanto

Para Reinildo, capacitar esses profissionais significa um grande reforço no trabalho de acolhimento e enfrentamento das questões envolvendo as infecções sexualmente transmissíveis. “O assistente social é um profissional importante na unidade pela qualidade do vínculo que ele estabelece  com os usuários. Entendemos que essa categoria pode servir como referência nos equipamentos de saúde, estabelecendo acesso seguro no acolhimento das demandas, podendo realizar os encaminhamentos pertinentes”, afirma.

A responsável pela Diretoria Técnica do Serviço Social na Cabs (Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde), Kely Cristina Apolinário de Almeida, concorda com Reinildo. Ela também fez o curso e acredita que o aprendizado permite que esses profissionais atuem amplamente.

“É de suma importância esse curso direcionado aos assistentes sociais porque eles podem acolher, podem estar na comunicação de resultado de exames, podem desenvolver estratégias junto com a equipe de saúde e trabalhar no apoio, no cuidado e na prevenção das doenças sexualmente transmissíveis”, diz.

Kelli diz que a capacitação formou multiplicadores e que eles já estão trazendo bons frutos. “O primeiro resultado desse curso já saiu, porque muitas unidades de saúde já estão sendo multiplicadoras das informações que obtiveram no curso. Por exemplo, as UBSs do Vila Ceres, do Imperial e a Pedro Izzo já estiveram em unidades escolares pra falar de prevenção e doenças sexualmente transmissíveis nas escolas”, conta.

“Nós nos tornamos multiplicadores, facilitadores e compomos a equipe multiprofissional no cuidado aos pacientes, tanto na prevenção quanto no acompanhamento da doença. Em algum momento esse paciente pode ir até o serviço social com alguma angústia, antes ou depois do resultado, e os assistentes sociais vão saber orientar”, conclui a assistente social.

Trabalho conjunto

O envolvimento dos assistentes sociais acerca do tema foi tão profundo que, segundo Reinildo, “o objetivo é estabelecer uma agenda periódica junto a essa categoria com o Programa IST/Aids no sentido de tirar dúvidas e levantar ações nos territórios, trabalhando de forma conjunta”. Ele também afirma que outras capacitações estão sendo planejadas.

Os assistentes sociais atrelados à Secretaria de Saúde atuam nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), nos prontos-socorros, nos Caps (Centros de Atenção Psicossocial), no HMB (Hospital Municipal de Barueri), no SAD (Serviço de Atendimento Domiciliar) e outros serviços.

 

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: