Prefeitura de Osasco estuda revitalização de quadra esportiva na Vila dos Remédios

Em atendimento a uma solicitação de moradores da Vila dos Remédios, durante reunião , para falar das ações do Mutirão “Amor por Osasco” no bairro, o prefeito Rogério Lins disse que a prefeitura vai estudar a revitalização de uma quadra de areia situada ao lado do Batalhão da Polícia Militar, entre as ruas São Sebastião e Santa Erotildes.

Além da troca da areia por piso de cimento para a prática do futsal, os moradores pediram a instalação de cestas de basquete e recuperação de parte do alambrado que cerca o espaço.

No mutirão são realizados serviços como poda de árvore, tapa-buraco, remoção de entulho e veículos abandonados, limpeza de bueiros e sinalização viária, entre outros. Iniciadas em abril, as ações já foram executadas em diversos bairros das zonas Norte e Sul e se estendem até dezembro.

No encontro, Rogério Lins falou também de iniciativas já em andamento em toda a cidade, como a construção de 12 novas creches (quatro já foram entregues), reforma das 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de algumas alas do Hospital Municipal Antônio Giglio, construção de dois hospitais veterinários, aumento do efetivo da Guarda Municipal, criação da Rondas Ostensivas Municipais (ROMU), e instalação de 300 câmeras de segurança capazes de identificar e enviar imediatamente a uma central de monitoramento alerta sonoro sobre veículos com queixas de roubo ou furto.

Informou ainda sobre projetos futuros, como a criação do Bilhete Único Municipal, que deve entrar em vigor em dezembro (o passageiro poderá pegar a segunda condução sem pagar), e a construção do Hospital da Criança, na Avenida Getúlio Vargas, no Jardim Piratininga.

Também participaram da reunião os vereadores Lúcia da Saúde, Pelé da Cândida e Ricardo Silva, além de oficiais da Polícia Militar e moradores da Vila dos Remédios.

Em breve fala, o chefe do Executivo parabenizou a Polícia Militar pelo trabalho conjunto com a Guarda Municipal no combate à criminalidade no município e pelo trabalho social com jovens desenvolvido na Base Comunitária do bairro. No local, os adolescentes recebem gratuitamente de um professor civil voluntário aulas de jiu-jitsu.

Pouco antes da reunião, o prefeito visitou a UBS Padre Guerino Riciottido, no mesmo bairro, e conversou com funcionários, médicos e pacientes. No local, recebeu pedido para que transforme um terreno público situado ao lado da unidade de saúde em um parque, com pista para caminhada e equipamentos para atividade física. “Vivemos em comunidade e nem sempre é possível agradar a todos. Mas vamos estudar qual a melhor solução para aquele terreno. O que não dá é ficar do jeito que está”, disse Lins.

 

Vulnerabilidade – Ao término da reunião, o chefe do Executivo visitou as instalações do Serviço de Acolhimento Institucional José Albino da Silva, no Jardim Rochdale, juntamente com o secretário de Assistência Social, Cláudio Piteri.

Inaugurado no início do ano, o local reúne dois prédios, separados por um muro e com entradas individuais. Um deles acolhe apenas homens (60 no total). O outro, 50 mulheres solteiras ou com marido e filhos. Em comum, todos vivem o fato de estarem em situação de vulnerabilidade social e não contam com um lar.

Na ala feminina há seis mães com filhos, um pai com três crianças, e pessoas com identidade de gênero. Ao todo são 14 jovens (bebês, crianças em idade escolar e adolescentes). O local também conta com canil e espaço para carrocinhas de catadores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: