Mira na Dengue - Barueri

Prefeitura de Osasco e Comissão de Mães debatem políticas públicas para pessoas com deficiência

A Secretaria Executiva da Pessoa com Deficiência da Prefeitura de Osasco realizou dia 20/10, na Sala Luiz Roberto Claudino da Silva, a quarta reunião com a Comissão de Mães das Pessoas com Deficiência, abordando as pautas que estão sendo levantadas do transporte coletivo e do BEM Especial. Todos os levantamentos serão apresentados pela comissão e pelo Conselho da Pessoa com Deficiência em audiência pública a ser realizada no dia 10/11, às 18h30.  

Dentre outros apontamentos debatidos estão os avanços nos serviços do transporte coletivo para PcD e do BEM Social, ampliação do atendimento do Programa Servindo, capacitação para cobradores e motoristas das concessionárias, assim como dos diversos setores da sociedade para o atendimento da PcD, ações governamentais de inclusão social, expansão de estudos, debates e pesquisas sobre a vida e a realidade da pessoa com deficiência, revisão do Plano Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência “Viver sem Limites”, entre outros.  

O encontro foi mediado pelo secretário executivo da pasta, Salomão R. de Lira Júnior, e contou com a presença da vice-prefeita, Ana Maria Rossi, representando o prefeito Rogério Lins, os secretários municipais Sérgio Di Nizo (Governo), Éder Máximo (Planejamento e Gestão), Cláudio Piteri (Educação), Jorge Poio (chefe de gabinete), do presidente da CMTO, Jair Anastácio, e o responsável pelo departamento jurídico da companhia, Dejamir Viriatto.   

“Tudo o que for pertinente ao dia a dia do PcD será apresentado na Minuta para a construção de uma cidade mais inclusiva e acolhedora. Estamos analisando todas as demandas, temos um grupo focado da Seplag, que está nos ajudando, e, com certeza, estamos caminhando para uma grande conquista para Osasco”, ressaltou Salomão.    

Fabiana Grosso, representante da Comissão de Mães, formada por mães de diversos grupos, agradeceu o apoio do governo na construção de novas políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência e seus responsáveis, destacando que uma grande parcela é de mães solos.  

“Nosso maior desafio é enfrentar as barreiras como o preconceito, a indiferença e má vontade. É preciso combater a falta de capacitismo (termo que define a discriminação de pessoas com deficiência). É preciso, urgente, falarmos de inclusão. Estamos unidas para contribuir com a administração pública nesta construção pacífica e respeitosa de uma política pública mais fortalecida, mais justa, honesta e mais digna possível para os PcDs”, ressaltou. 

  

Serviço 

Audiência Pública do Conselho da Pessoa com Deficiência  

Data: 10/11 

Horário: 18h30 

Local: Sala Luiz Roberto Claudino da Silva (anexa ao Paço Municipal) 

Endereço: Avenida Lázaro de Mello Brandão, 300 – Vila Campesina 

Todos os protocolos de segurança sanitária serão seguidos 

Obrigatório uso de máscara 

Mais informações: Telefone: 3652-9590 – E-mail: spcd@osasco.sp.gov.br 

 

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: