Barueri

Prefeitura de Itapevi venderá dois imóveis para financiar investimentos na saúde

Para ampliar os investimentos na saúde, a Prefeitura de Itapevi colocou à venda dois imóveis da administração municipal localizados na Rua Manoel Alves Mendes, no Centro. Os imóveis serão vendidos no dia 4 de abril.

Um deles, onde atualmente fica a Secretaria de Segurança, Trânsito e Transporte, será alienado pelo valor mínimo de R$ R$ 6.887.500,00 . O outro, onde está localizado o viveiro municipal, tem preço mínimo de R$ 1.215.000,00.

“Sem os recursos que serão arrecadados pela transação, a Prefeitura não tem condições financeiras de investir o montante necessário para colocar em prática todos os projetos que estávamos visando, como instalação do PS Infantil e novas unidades de saúde nos bairros Amador Bueno e Cardoso”, diz o prefeito Igor Soares. “A venda dessas áreas é fundamental”, afirma.

O preço mínimo dos imóveis foi definido a partir de avaliação realizada por imobiliárias da região.

Toda a operação foi autorizada pela Câmara dos Vereadores, que transformou a iniciativa do executivo na Lei 2.515/2017, publicada na edição 488 do Diário Oficial de Itapevi, em 8 de dezembro de 2017.

“A proposta (…) atende melhor ao interesse público, uma vez que as dependências não precisam obrigatoriamente estar em locais valorizados do ponto de vista comercial, mas apenas em locais adequados (…) à prestação dos serviços a que se destinam”, diz a justificativa da lei.

Como participar?

Os interessados em fazer uma oferta podem baixar o edital gratuitamente aqui.

Outra alternativa é dirigir-se ao Departamento de Compras e Licitações (Avenida Presidente Vargas, 405 – 3º Andar – Jardim Christianópolis – Itapevi).

Esclarecimentos também podem ser solicitados no departamento, pelo telefone (11) 41437500 ou por e-mail noendereço (licitacoes@itapevi.sp.gov.br).

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: