Prefeito Rogério Lins participa do Setembro Amarelo

A Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Saúde, dedicou o mês para a campanha “Setembro Amarelo”, com o slogan “Diga NÃO ao suicídio e SIM para a vida!”. O Centro de Formação de Professores sediou um ciclo de palestras e contou com a participação do prefeito Rogério Lins, acompanhado pelo secretário de Saúde, Fernando Machado, a secretária adjunta, Suzete Franco, além da vereadora Régia.

“Setembro Amarelo nos chama a atenção para pararmos com a correria do dia a dia e olharmos para a pessoa que está à nossa frente e escutá-la. Com uma palavra acolhedora, atenção, a gente consegue perceber se essa pessoa precisa de atenção especial e até médica. É por isso que estamos aqui, todos da Secretaria de Saúde, prefeito, Legislativo, atuando juntos para preservar vidas”, disse o secretário de Saúde, Fernando Machado.

O prefeito Rogério Lins relembrou a tentativa de suicídio ocorrida na terça-feira, 24/9, quando um rapaz tentou pular do Viaduto Reynaldo de Oliveira. “Havia tanta gente filmando até que uma jovem, que desceu de um ônibus, pediu para que todos guardassem os celulares e rezassem. A fé daquela garota e de todos que estavam ali foi tão forte que o rapaz desistiu em 2 minutos”, contou.

Lins confessou ter ficado emocionado com a situação. “Falando como prefeito, muitas pessoas pediram para eu não ir até lá, mas antes de ser político, eu sou pai, marido, filho e, principalmente, uma pessoa que se preocupa com o próximo. Cheguei a conversar com rapaz. Nós montamos uma equipe intersecretarias para atender esse caso e espero que ele saia desse quadro de depressão”, disse.

O prefeito também alertou as pessoas sobre o perigo das redes sociais. “Todos passam tanto tempo nos celulares, que não vêem o que se passa ao redor. O nosso posicionamento, a nossa forma de encarar, de acolher e de entender pode salvar uma vida. Tenho certeza que juntos podemos fazer a diferença na vida de muitas pessoas próximas da gente”.

Rosana Terrabuio Marques e Satiro Márcio Junior falaram sobre a conscientização da sociedade em perceber os sintomas que levam ao suicídio, como a depressão, que envolve desde jovens a idosos. Eles também ensinaram mecanismos de comunicação para abordar esse público, como saber ouvir atentamente, entender os sentimentos da pessoa (empatia), dar mensagens não-verbais de aceitação e respeito, expressar respeito pelas opiniões e valores, conversar honestamente e com autenticidade, mostrar sua preocupação, cuidado e afeição.

Na sexta-feira, 27/9, acontece a “Caminhada pela vida”, com saída do CAPS Adulto III Felício Gaspar (Avenida Sport Club Corinthians Paulista, 191, Km 18), às 9 horas. Haverá apresentação de sarau e distribuição de material do Centro de Valorização da Vida (CVV).

Serviço

A Prefeitura de Osasco oferece diversos serviços de atendimentos psicossociais nas unidades dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS):

 

CAPS Adulto III Felício Gaspar

Av. Sport Club Corinthians Paulista, 191 – Km 18

Telefones:  3682-7278/ 3681-9254

Atende usuários com transtornos mentais graves e persistentes, a partir de 18 anos

Acolhimento: portas abertas, não é necessário encaminhamento

 

CAPS Infantojuvenil Liliane Alves Dias

Av. João Batista, 1071 – Centro
Telefones: 3692-8812
Atende usuários com transtornos mentais graves e persistentes até 18 anos

Acolhimento: portas abertas, não é necessário encaminhamento

CAPS II Álcool e Drogas

Rua Anhanguera, 348 – Jardim Piratininga
Telefone: 3687-8549
Atende usuários em uso abusivo de álcool e outras drogas e com transtornos mentais decorrentes do uso de substâncias psicoativas
Acolhimento: portas abertas, não é necessário encaminhamento

188 – COMO VAI VOCÊ? 

Serviço de apoio emocional e prevenção ao suicídio

As pessoas que sentirem necessidade de conversar anonimamente e expor seus sentimentos pode contar com o “Como Vai Você”, serviço de atendimento gratuito de prevenção ao suicídio, criado pelo CVV (Centro de Valorização da Vida), que atende 24 horas por dia, através do telefone 188.

A pessoa será atendida por um voluntário, que guardará sigilo sobre tudo que for dito. O atendimento também pode ser feito em outros canais do CVV. Mais informações no site: www.cvv.org.br

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: