Prefeito Rogério Lins participa da reunião sobre mudança da Ceagesp para a região

O prefeito de Osasco, Rogério Lins, participou da reunião extraordinária organizada pelo Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), do qual Osasco faz parte e o prefeito é vice-presidente, para tratar de assuntos pertinentes ao Desenvolvimento Regional, que pautou a possível mudança da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) para a região.

O encontro, comandado pelo presidente do Consórcio, o prefeito de Itapevi, Igor Soares, contou com a participação de representantes do governo do Estado, a compliance na Secretaria de Estado de Agricultura e Abastecimento, Maria Tereza Vendramini, representando o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento; Gustavo Junqueira e o secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. A reunião teve ainda a presença do promotor público Marcos Lyra, além de representantes da empresa FRAL Consultoria, que disputa a concorrência com mais três consórcios e apresentou seu projeto para os presentes.

O projeto apresentado pela FRAL foi um dos quatro aprovados pelo governo estadual no processo de transferência da Ceagesp.

Dentre os atrativos destacados pela empresa estão a área de instalação do entreposto, que ficará na antiga Lagoa de Carapicuíba, na divisa com a cidade de Barueri, tendo como principais vias próximas a Castello Branco e o Rodoanel. Trata-se de uma área de recuperação ambiental que já tem aprovação da Cetesb, que é pública e não depende de desapropriação. Outro ponto é a parte de logística, que atende a três (3) modais de acesso (ferroviário, rodoviário e hidroviário), o que viabilizará ainda mais a economia para a região; a geração de empregos diretos, que dobrará da capacidade atual para quase 25 mil empregos, e indiretos podendo chegar a 40 mil, visto que o projeto viabiliza um shopping com 300 lojas, um centro de convenções e um hotel; e, por fim, está o aumento da arrecadação do ICMS para a região de R$13 bilhões/ano, sendo que só em Carapicuíba esse valor aumentará cerca de cinco vezes, passando dos atuais R$ 76 milhões/ano (2018) para R$ 420 milhões/ano, por exemplo, segundo estudos feitos pela FRAL.

Outra discussão muito importante e que aumentou os atrativos do projeto é a distância da atual Ceasa, nome pela qual também é conhecida a Ceagesp, de aproximadamente 7 km entre São Paulo e a região oeste, o que impactaria bem pouco na vida dos permissionários e funcionários (visto que muitos moram em cidades da região), e também no tamanho do espaço do novo entreposto que quase dobra do atual, sendo implantado em área de 1,190 milhões de metros quadrados.

Marco Vinholi encerrou a reunião, informando que o governador tem interesse de concluir esse processo ainda neste primeiro ano de sua gestão e que a fase agora é de estudos, principalmente na parte logística, considerada fundamental para a definição da mudança.

“Levarei ao governador todos os apontamentos apresentados aqui. A decisão da saída do entreposto do Ceagesp da cidade de São Paulo não vem de agora, mas o governador quer definir isso ainda neste primeiro ano de sua gestão. E no local onde fica o atual Ceagesp será um Centro de Tecnologia, no modelo do Vale do Silício”, complementou o secretário.

“Agora o projeto está em fase de avaliação logística, fundamental para viabilização do projeto pela Secretaria de Logística e Transporte. Outro ponto que está em andamento é sobre a desapropriação de terreno para instalar o novo Ceagesp. Após esses estudos é que frisaremos qual estará mais próximo da modelagem do governo do Estado”, concluiu Vinholi, parabenizando o Cioeste pelo trabalho que vem desenvolvendo no país, sendo considerado uma referência para outros municípios.

Também estavam presentes na reunião, os prefeitos de Barueri, Rubens Furlan; de Carapicuíba, Marcos Neves; de Santana de Parnaíba, Elvis César; de Jandira, Paulo Barufi; de Cotia, Rogério Franco; de Pirapora do Bom Jesus, Gregório Máglio; de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos; Ismael, representando a prefeita de Araçariguama, Lili Aymar, e o vereador de Cotia, Celso Itiki.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: