Prefeito Igor busca FATEC e universidade privada para Itapevi

Prefeito apresentou na Câmara Municipal dois projetos de lei. Um
autoriza transferência de área ao Estado para instalação da FATEC.
Outro, prevê criação de sociedade de economia mista para atrair
iniciativa privada

O prefeito Igor Soares apresentou, nesta terça-feira (16), na Câmara de
Itapevi, Projeto de Lei que autoriza a criação de sociedade de economia
mista. Objetivo é que empresa público privada exerça atividades
econômicas de tecnologia, ensino superior e extensão, cursos
profissionalizantes, pesquisa, cultura e desenvolvimento institucional,
para atuação inicial nas áreas médicas e posteriormente poderá estender
para outras áreas.

“Iniciamos procedimentos para atrair uma faculdade para Itapevi. Mais do
que isso, queremos na cidade um polo de estudos com investimentos da
iniciativa privada. Para completar, o resultado financeiro desta
atividade poderá render receita à municipalidade”, destacou o prefeito
Igor Soares.

Igor aponta na mensagem a ser encaminhada à Câmara que a cidade terá
pelo menos quatro grandes ganhos: a) atrair investimento privado para o
fomento das atividades de tecnologia, ensino superior, pesquisa, cultura
e desenvolvimento institucional; b) promover o desenvolvimento
tecnológico, científico, urbano e econômico no Município; c) suprir uma
necessidade local de melhor e maior formação universitária de médicos; e
d) subsidiar a pesquisa, a cultura e o ensino superior, sem depender
totalmente de recursos públicos.

Após possível aprovação da proposta na Câmara, a prefeitura dará início
a processo licitatório, convidando empresas interessadas em investir no
município.

“A sociedade de economia mista, que permite atrair investimento privado
no exercício de atividades econômicas com relevante interesse social é
um procedimento previsto na Constituição brasileira, porém ainda pouco
utilizada. Na área específica do ensino universitário, este modelo é
ainda mais inovador”, explicou secretário municipal de Justiça, Dr.
Thulio Nassa.

Ainda segundo o secretário, se der certo, permitirá ao Município ser
empresário na área do ensino privado universitário, em regime de
competição com outras Faculdades, em áreas cujo interesse e necessidade
são grandes, mas cuja oferta é limitada, quase sempre, ou pelo ensino
público, no qual a população em geral custeia o ensino de poucos
privilegiados que conseguem entrar no vestibular, ou pelo modelo
totalmente privado, no qual o particular decide livremente quando abrir,
quando fechar e quanto cobrar.

“Este modelo, inédito não só em Itapevi, como em toda a região e talvez
até no Estado de São Paulo, permitirá, se der certo, investimento
privado na educação universitária em nossa cidade, em regime de parceria
lucrativa com o poder público”, acrescentou Nassa.

De outro lado, o Prefeito acredita ainda que com uma instituição de
ensino na área da medicina será possível ter a atuação de médicos
residentes na rede municipal de saúde. “Vamos ao mesmo tempo oferecer
formação a quem deseja seguir carreira na área da medicina e ampliar o
quadro de profissionais atendendo nossa população”.

Área para FATEC

Juntamente com o projeto de parceria público-privada, o prefeito Igor
Soares apresentou, nesta terça-feira (16), aos vereadores o Projeto de
Lei que prevê a doação de área ao Centro Paula Souza, do Governo do
Estado de São Paulo, para a implantação e funcionamento de uma Faculdade
de Tecnologia (FATEC), na cidade.

A área a ser doada é no Parque Suburbano, onde hoje funciona o Cemeb
Tarsila do Amaral. Os alunos da unidade serão transferidos para a
primeira Escola de Tempo Integral de Itapevi, construída ao lado, que
será inaugurada no segundo semestre.

“A doação desta área é imprescindível para atender as exigências
técnicas e burocráticas necessárias para a construção e implantação da
FATEC”, disse o prefeito aos vereadores.

Programa Educa Itapevi

Para Igor Soares, as duas iniciativas fortalecem o programa Educa
Itapevi, a ser lançado oficialmente em 22 de maio. A iniciativa prevê
diversas ações, como implantação do Ensino de Tempo Integral, com a
construção das duas primeiras escolas e a ETEC que terá obras iniciadas
em breve.

“Avançamos muito nestes dois anos na educação e vamos investir ainda
mais, não só recursos, mas toda a criatividade possível para atrair
parceiros e investidores”, destacou o prefeito.
Além disso, recentemente, Igor assinou convênio com o Itaú Social para
garantir melhorias na gestão da educação municipal.

Para o Ensino Fundamental Ciclo I, melhorou a qualidade da merenda
escolar, que hoje conta no cardápio com arroz tropeiro, strogonoff e
outros pratos tradicionais, Firmou parceria com a ONG Conexão e a
empresa Alelo para implantar em 15 unidades a Horta Escolar; implantou o
Sistema SESI de Ensino e firmou parceria com o Instituto Cacau Show e o
Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE) para implantar o
Ensino de Tempo Integral.
Também está em tratativas com a Henkel, empresa alemã, para desenvolver
aulas do projeto Cientista do Futuro aos alunos do quarto ano.

“Itapevi sempre foi conhecida como cidade dormitório. Meu desejo, como
prefeito, é torná-la um grande polo educacional”, destacou o prefeito
Igor Soares. “Com investimento na educação é possível viabilizar um
futuro promissor às crianças, com crescimento econômico, educacional e
cultural. É esta Itapevi do futuro que estamos construindo”, completou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: