Novembro Azul - Barueri

Preço da gasolina nos postos sobe pela 4ª semana seguida e chega a R$ 7,88 no Sul, segundo ANP

O preço médio da gasolina nos postos do país subiu 3,1% esta semana, chegando a R$ 6,56 o litro, de acordo com levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O valor máximo foi de R$ 7,88 no Rio Grande do Sul. Essa foi a quarta semana consecutiva de alta.

É possível encontrar o litro gasolina acima de R$ 7 em postos de 14 estados: Acre ( R$ 7,300), Alagoas (R$ 7,198), Bahia (R$ 7,299), Ceará (R$ 7,190), Distrito Federal (R$ 7,199), Goiás (R$ 7,299), Mato Grossa (R$ 7,230), Minas Gerais (R$ 7,479), Pernambuco (R$ 7,439), Piaui (R$ 7,299), Rio de Janeiro (R$ 7,649), Rio Grande do Sul (R$ 7,299), Rio Grande do Sul (R$ 7,889) e Tocantins (R$ 7,279). Na semana passada, eram apenas seis.

Por conta do reajuste, o preço do diesel subiu 4,5% nos postos brasileiros esta semana, chegando a uma média de R$ 5,211 por litro. O preço máximo foi de R$ 6,420 o litro em Cruzeiro do Sul, no Acre.

O valor médio do litro do etanol, por sua vez, subiu 3,9% na semana, para R$ 5,066.

Na contramão dos demais combustíveis, o preço do botijão de gás (GLP) se manteve estável, fechando a semana em R$ 102,04.

Combustíveis pesam na inflação

Com o preço da gasolina, do gás natural (GNV) e do etanol em alta, a inflação para o motorista no Brasil disparou e já chega a 18,46% no acumulado em 12 meses até outubro, segundo um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). É a maior inflação para esse grupo desde 2000.

Esse aumento passou a consumir boa parte do orçamento dos brasileiros nos últimos meses. A alta também provocou uma enxurrada de reclamações de motoristas de aplicativo, que viram a renda do trabalho diminuir – as principais empresas do setor até anunciaram um aumento no repasse no valor da corrida para os trabalhadores.

Fonte: G1

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: