Por um Natal sem fome: Fundação Edmilson presenteia comunidades carentes neste fim de ano

Mais do que uma simples data para o comércio, o Natal é sinônimo de doação. E esse desejo de ajudar o próximo fez com que Simeia Moraes, executiva a frente da Fundação Edmilson, voltasse seus esforços para amparar as famílias de crianças e adolescentes assistidos pela entidade neste fim de ano.

Ao longo de dezembro, os alunos realizaram diversas apresentações, que encheram seus familiares de orgulho. Foram encenações de balé, futebol, hip hop e karatê, fruto das aulas ministradas nos espaços da Fundação Edmilson, que atua no contra turno escolar, ajudando centenas de crianças a desenvolverem habilidades sócio culturais.

“Ficamos felizes em proporcionar momentos de alegria como esse para essas famílias que para já sofrem tanto ao longo do ano. Ver seus filhos, sobrinhos e netos dedicados a cultura e ao esporte e não largados pelas ruas como acontece em muitas comunidades, com toda certeza é motivo de orgulho! ”, conta Simeia.

Com a pandemia, muitas famílias perderam suas rendas. Para garantir um Natal com mais esperança a Fundação Edmilson entregou 300 cestas básicas para a comunidade de Taquaritinga, 180 em Santana de Parnaíba e 100 em Carapicuíba, São Paulo. “Natal é época de mesa farta. Distribuir cestas básicas e doações para essas famílias em situação de vulnerabilidade social nos dá a certeza de que eles terão um Natal mais digno, com amor no coração. Nós somos apenas um grãozinho, mas temos certeza de que podemos virar esse jogo”, se emociona Simeia.

A Fundação Edmilson realiza ao longo do ano ações para ajudar crianças e famílias a saírem do estado de vulnerabilidade social. Saiba mais no www.fundacaoedmilson.org.br e venha fazer parte do time. As doações podem ajudar milhares de crianças a saírem da zona de extrema pobreza.

Siga nas redes:
� Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
� Site: jimprensaregional.com.br
� Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: