Por contato telefônico, HMB promove acolhimento psicológico para familiares dos pacientes internados por Covid-19

Com a alteração da rotina e a recomendação para evitar o contato social, muitas pessoas já estão emocionalmente abaladas, e o sofrimento pode ser ainda maior para aqueles que estão com parentes internados. Por isso, pensando na fragilidade emocional do momento, o  Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran (HMB), unidade da Prefeitura de Barueri gerenciada em parceria com a SPDM – Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina, passou a oferecer suporte psicológico por telefone para os familiares dos pacientes internados com suspeita ou confirmação de Covid-19.  E em menos de 30 dias, desde o início das ligações, já foram feitos 155 atendimentos e 109 pessoas já receberam esse tipo de assistência.

Devido ao risco de contaminação, as visitas a esses pacientes estão suspensas, então, além de realizar ligações diárias para passar o boletim médico e disponibilizar um canal exclusivo de atendimento, o telefone (011) 2575-3314, para que os familiares tirem dúvidas sobre a assistência prestada aos pacientes, o HMB também encontrou no contato telefônico uma maneira de oferecer acolhimento às famílias por meio da equipe de psicologia.

“O papel da psicologia é oferecer disponibilidade para escuta ativa, promovendo espaço para reflexão de acordo com os limites de cada um, e aos poucos, possibilitar a construção de um pensamento frente à sua vivência. Em relação à Covid-19, a ideia é auxiliar o familiar na melhor compreensão do seu sofrimento e da forma que ele está lidando com todo o processo de adoecimento e internação do seu ente querido”, esclarece Bruna Vieira, psicóloga da unidade, que reconhece que o momento necessita de uma adaptação muito difícil, já que a doença exige um distanciamento físico.

Com base nas informações da planilha, preenchida pela equipe multidisciplinar, os psicólogos obtém os contatos dos familiares e ligam, primeiramente para os parentes dos pacientes mais críticos, para informar que o suporte da unidade está disponível e entender os recursos psicológicos da família. “Esses recursos são as formas que a pessoa encontra de lidar com alguma questão ou sofrimento. Por exemplo, se a pessoa lida com otimismo, controle pessoal e senso de significado, ela pode ter maiores condições de enfrentar situações críticas da vida. Em compensação, se o desespero é tanto que ela não consegue raciocinar e não consegue refletir, é necessário encontrar maneiras de lidar com esse sofrimento”, explica a psicóloga, que relata que a equipe mantém uma rotina de atendimento semanal mediante a necessidade e a aceitação de cada família. É importante destacar que o telefone (011) 2575-3343 está disponível para aqueles familiares que quiserem contatar a equipe de psicologia para receber esse suporte.

Atendimento também para os colaboradores

Vale ressaltar que esse tipo de apoio tem sido oferecido, da mesma forma, para os funcionários do hospital. A equipe de Medicina do Trabalho tem divulgado aos colaboradores da unidade o serviço telefônico de atendimento psicológico. Até o momento, mais de 15 pessoas já buscaram acolhimento. O objetivo desse atendimento é oferecer escuta, espaço, tempo e apoio para os profissionais que se sentem fragilizados e encontram dificuldade em lidar com todas as mudanças geradas pela Covid-19.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: