Barueri

Pai da Gatinha da Cracolândia tem passagem por tráfico e foi morto

O pai de Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, presa nesta quinta-feira (22) em Barueri, na Grande São Paulo, suspeita de tráfico de drogas na Cracolândia, na região central de São Paulo, foi assassinado em 2014 e também tinha passagens por tráfico e lesão corporal. As informações são da Record TV.

Conhecida como Gatinha da Cracolândia, Lorraine é uma jovem de classe média, que ostentava vida de luxo nas redes sociais para mais de 30 mil seguidores. Ela comercializava drogas na região central com a ajuda de seguranças do tráfico, segundo a polícia. Ela foi flagrada em imagens ao lado do namorado, que também é traficante.

Para não chamar atenção em meio ao fluxo, ela usava capuz, toca e roupas escuras. “Gostava de viver bem, tinha uma vida boa financiada pelo tráfico e exploração dos dependentes químicos da Cracolândia”, afirmou o delegado Roberto Monteiro.

Ela foi presa em flagrante com uma mochila repleta de diversas drogas e contra ela já havia um mandado de prisão temporária. Ela cumpria prisão domiciliar em um endereço diferente do informado à polícia e conseguiu o benefício por ter uma criança pequena.

Pai

O pai dela, o empresário Ricardo Cutier Bauer Romeiro, de 43 anos, foi morto em 19 de agosto de 2014 no centro de Barueri. Segundo informações do boletim de ocorrência, a vítima foi baleada na cabeça no interior do veículo.

Foi acionada a Unidade de Resgate Municipal e o homem foi levado até o Pronto Socorro Central (Sameb), mas não resistiu ao ferimento.

Um frentista ouviu os disparos e viu o carro da vítima subindo por cima do canteiro central da Praça das Bandeiras. Dois suspeitos correram atrás da camioneta, mas, quando ela parou, eles fugiram a pé.

Segundo o relato da testemunha, o crime aparentou ser uma tentativa de roubo ao veículo, mas a vítima tentou fugir e acabou baleada. Na ocasião, ninguém foi preso.

A passagem de Ricardo Romeiro por lesão corporal é de 1991 e por tráfico de drogas em 1993.

Investigação

Por causa da pandemia, as audiências de custódia são realizadas de forma virtual. A prisão de Lorraine Romeiro pode ser convertida em preventiva ainda nesta sexta-feira (23).

A investigação continua porque a polícia quer saber quem são os outros integrantes da quadrilha e de onde vinha a droga comercializada pela suspeita.

 Lorraine Cutier Bauer Romeiro, de 19 anos, foi presa suspeita de tráfico de drogas na Cracolândia

 

Fonte: R7

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: