Pacientes acamados recebem vacinas em casa contra Covid e influenza em Barueri

Pacientes acamados em casa e que são moradores de Barueri estão recebendo em domicílio vacinas contra a Covid-19 graças ao Serviço de Assistência Domiciliar (SAD) da Prefeitura de Barueri. Desde o dia 21 de janeiro deste ano, 566 pessoas já receberam em casa a primeira dose da vacina contra o coronavírus, e 523 pacientes, a segunda dose. O SAD inicia nesta quinta-feira (dia 20 de maio) a vacinação domiciliar contra a influenza (gripe).

O Serviço de Assistência Domiciliar é um programa da Diretoria Técnica de Enfermagem, ligada à Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde (CABS), da Secretaria de Saúde de Barueri. O SAD tem entre seus principais objetivos oferecer tratamento mais humanizado aos doentes, ampliar sua autonomia, diminuir a demanda por atendimento hospitalar e/ou o período de internação.

“O atendimento domiciliar melhora a qualidade de vida das pessoas que necessitam de acompanhamento contínuo, pois recebem um cuidado diferenciado, humanizado e qualificado”, afirma Fernanda Lucas Medeiros Munhoz, diretora técnica de Enfermagem.

No serviço de imunização para pessoas acamadas estão envolvidos 15 profissionais, entre eles cinco enfermeiros e dez técnicos de enfermagem, que realizam atendimentos de segunda a domingo, das 8h às 18h. Esse serviço é realizado desde 2009.

Uma dessas profissionais é a enfermeira responsável técnica Maria de Fátima da Silva. “Estou no município há 21 anos. Entendo que a vacinação na residência garante maior tranquilidade e segurança ao paciente e aos familiares. Vejo o trabalho das equipes extremamente importante e necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas que se encontram em condições tão especiais”, comenta.

Vale lembrar que a vacinação domiciliar tanto contra covid-19 como contra gripe segue o calendário proposto pelo município. No momento, estão sendo vacinadas as pessoas com 60 anos ou mais.

 

Quem pode ser atendido em domicílio e como solicitar o serviço

O acesso ao SAD se dá por meio do cuidador do paciente, que deve procurar a equipe de enfermagem da Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da residência do acamado. Um enfermeiro realizará a visita domiciliar e, após a avaliação técnica, encaminhará um relatório para a equipe do SAD, caso o paciente esteja dentro dos critérios de atendimento.

A admissão para pacientes com câncer é imediata, já os demais casos aguardam em média 30 dias. Durante o processo de admissão, o paciente continua sob os cuidados da equipe da UBS.

Entre os critérios de inclusão no Serviço de Atenção Domiciliar estão: estar acamado ou impossibilitado de locomoção; morar no município em residência fixa e ter um cuidador responsável, maior de 18 anos, para prestar os auxílios domiciliares (o cuidador deve estar presente durante as visitas da equipe).

Há ainda uma entrevista prévia da equipe do SAD com o cuidador/responsável pelo paciente, bem como a assinatura de um Termo de Compromisso. Para os pacientes que estiverem dentro dos critérios do SAD, mas não contam com o apoio de um cuidador ou responsável, a assistência social será acionada para avaliar o caso.

A moradora Maria José Viana, do Jardim Maria Helena, é cuidadora da mãe, a acamada Maria Antônia, de 82 anos. Ela recepcionou a equipe multiprofissional do SAD que foi avaliar o estado de saúde da paciente e realizar a vacinação contra a gripe. “Excelente. Não tem o que reclamar. A Prefeitura dá muita atenção. Prioriza mesmo! Minha mãe já havia sido vacinada contra a Covid-19. Tomou as duas doses. Ela é bem cuidada por nós e pela Saúde de Barueri”, afirmou Maria José.

 

Cartilha do SAD

No último dia 23 de abril, o SAD começou a entregar nas residências cartilhas com orientações para os cuidadores/familiares das pessoas acamadas que necessitam de atenção à saúde. O material de 39 páginas traz dicas e informações como cuidados com a ventilação mecânica não invasiva, exercícios domiciliares, lavagem das mãos, alimentação, entre outras recomendações. Até a segunda quinzena de maio serão entregues 397 cartilhas (leia matéria aqui).

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: