Osasco no combate ao trabalho infantil

Desde 2002 o dia 12 de junho foi instituído pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), como o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Para combater essa violação de direitos contra crianças e adolescentes, a Prefeitura de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), faz um alerta no sentido de mobilizar, sensibilizar a sociedade e dar visibilidade sobre a necessidade de erradicação de um problema que fere os direitos humanos e compromete o futuro de crianças e adolescentes.

É considerado trabalho infantil atividades econômicas ou de sobrevivência que prejudicam o desenvolvimento físico, cognitivo e social de crianças e adolescentes, os coloca em risco e priva da infância ao impor responsabilidades inadequadas para a idade.

Como consequência, muitos sofrem acidentes, têm traumas físicos e psicológicos, não conseguem prosseguir os estudos de forma adequada, e na vida adulta têm dificuldades de se inserir no mercado formal de trabalho ou conseguir empregos bem remunerados. Inclusive, para que se configure trabalho infantil não é necessário que haja remuneração, o trabalho doméstico por exemplo é uma das piores formas de trabalho infantil, ainda muito invisibilizada.

O Brasil, desde meados da década de 1990, reúne esforços para prevenção e combate ao trabalho infantil e obteve avanços ao longo dessas décadas, mas é sabido que hoje enfrentamos um período crítico, onde há muito o que ser feito para que o trabalho infantil seja efetivamente erradicado. É importante a conscientização e a procura por ajuda quando tomamos conhecimento de alguma situação próxima.

“Por meio da Proteção Social Especial, procuramos efetivar o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) no município, como estratégia de articular as políticas e serviços públicos, para que possamos dar respostas qualificadas a esta situação que, mais do que nunca, precisa ser enfrentada”, reforça o secretário de Assistência Social, Cláudio Piteri.

O município de Osasco, por meio da Secretaria de Assistência Social tem trabalhado para transformar esta realidade. Os cidadãos também podem participar, fazendo cada um a sua parte e denunciando situações como as especificadas. Disque 100 ou 156 (156 ou 3651-7080). Denuncie!

Serviço

Denúncias de casos de trabalho infantil

Disque 100 ou 156 (3651-7080)

Os canais funcionam 24h/dia, sete dias da semana

Gratuito

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: