Osasco intensifica ações de combate à dengue

A Prefeitura de Osasco, por meio do Núcleo de Controle de Zoonoses e Arboviroses, vinculado à Secretaria de Saúde, tem intensificado as ações contra o Aedes aegypti na cidade. A prevenção contra o mosquito ocorre ao longo do ano, mas a cada três meses é feito um levantamento de índices larvários na cidade, tendo como foco a eliminação de criadouros, principalmente em bairros com maior incidência.

Todo caso notificado no município, seja ele confirmado ou não, recebe a visita de um agente na residência para fazer a pesquisa e eliminação de possíveis focos do mosquito.  O agente orienta o morador no manejo correto de inservíveis para evitar o acúmulo de água. Esse processo é feito porque na maioria dos casos o perigo está dentro de casa.

Na quinta-feira, 23/9, uma equipe de combate à dengue e outras arboviroses esteve no Jardim Padroeira realizando o trabalho de rotina de casa em casa. O grupo estava acompanhado pelas supervisoras Silvana P. Eustáquio e Meire Hellen F. Cruz. Toda visita é registrada em um Boletim Diário, que depois é encaminhado à Vigilância Epidemiológica para controle.

A conscientização dos moradores é essencial para a prevenção. Essa é a etapa mais importante, porque ajuda a eliminar as possibilidades de formação de criadouros e o surgimento de larvas. Ou seja, a prevenção traz segurança a toda a população, explicam as supervisoras.

“Quando constatamos casos positivados de dengue, mandamos uma equipe à residência equipada com máquinas nebulizadoras para aplicação de inseticida e realização do bloqueio nas casas vizinhas e em todo o quarteirão do bairro”, disse o gerente do Núcleo, Enoque Luz.

Além da vistoria residencial (porta a porta), os agentes também fazem o bloqueio de criadouros, a vistoria de pontos estratégicos, como desmanches, sucatas, ferros velhos, borracharias, equipamentos públicos, como escolas e unidades da administração pública, assim como empresas e grandes obras.

Para o combate à dengue, os agentes recomendam que pelo menos uma vez por semana os moradores façam uma varredura no imóvel, vistoriando quintais, calhas, caixas d’água, lajes, ralos, jardins, pratinhos das plantas e demais locais e objetos que possam acumular água, principalmente durante a primavera, em que o risco de aumento da proliferação das larvas é maior, por conta das características próprias da estação, com temperaturas mais elevadas e chuvas ocasionais.

Regina F. S Paula, moradora do Padroeira, comentou que sempre deixa os agentes vistoriarem seu imóvel. “Sempre colaboro. Acho importante que seja feito e aprovo o trabalho deles”, disse.

Osasco teve 307 casos de dengue notificados este ano, dos quais 164 confirmados. Houve nove notificações para suspeita de Chikungunya, das quais duas foram confirmadas e nenhum caso confirmado de zika e febre amarela.

A melhor forma de prevenir essas doenças é colaborar com o trabalho preventivo dos agentes da Prefeitura. O combate à dengue e outras arboviroses é um dever de todos.

“É preciso ter essa consciência, porque os agentes estão aqui para fazer um serviço preventivo para evitar as diversas doenças provocadas pelo mosquito da dengue”, disse outra moradora do bairro, Raquel Gaudência.

Algumas dicas simples são essenciais no combate a essas doenças:

  • Mantenha bem tampados caixas d’água, tonéis, barris de água e outros recipientes que acumulam água.
  • Guarde pneus em locais cobertos e não deixe que acumulem água.
  • Descarte o lixo corretamente.
  • Coloque areia nos pratinhos dos vasos de plantas.
  • É bom limpar com frequência bebedouros de animais com água e sabão, pois caso tenha ovinhos do mosquito eles são eliminados.
  • Mantenha o quintal limpo.
  • Não deixe acumular água de chuva sobre a laje e limpe as calhas com frequência para que galhos e folham não impeçam a passagem da água.
  • Garrafas de vidro ou plástico vazias devem ser guardadas com a boca para baixo.

Serviço 

Para abertura de solicitações ou denúncia sobre dengue, zika e chikungunya ligue 156 (3651-7080) ou use o APP 156 Osasco.

O Núcleo de Controle de Combate à Dengue e outras arboviroses está localizado na Avenida Sport Club Corinthians Paulista, 1.881 – Jardim das Flores. Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: