Obras de urbanização do Rochdale em Osasco avançam e 85% do Braço Morto do Tietê está canalizado

As obras de urbanização integrada do Rochdale, maior projeto de infraestrutura, saneamento e combate às enchentes da história de Osasco, ganhou fôlego na gestão do prefeito Rogério Lins e chega a maio de 2022 com importantes marcas.

A canalização do Braço Morto do Rio Tietê, uma de suas principais intervenções, já está 85% concluída, no trecho entre a Avenida Presidente Kennedy e as proximidades do piscinão do Rochdale.

Serão, ao todo, 2,5 quilômetros de leito canalizado. Mas, ainda em andamento, a obra já mostra sua eficácia. Não houve, durante o período de chuvas entre o final do ano passado e o início deste ano, a ocorrência de grandes enchentes, que tanto marcaram a história do bairro e região.

O projeto, realizado pela Secretaria de Habitação, envolve ainda outras importantes obras, que vão atender também o Jardim Aliança e o Canaã e seguem em ritmo acelerado.

Dentre elas, a abertura da avenida Transversal Norte, que está sendo implantada às margens do córrego canalizado e vai ligar as avenidas Presidente Kennedy e Presidente Médici, criando uma alternativa à Avenida Getúlio Vargas.

Ela faz parte da reformulação de todo o sistema viário da região, incluindo pavimentação de ruas e vielas. Já são 50% de sistema viário pavimentado – de um total de 45.000 m², e 65% de guias e sarjetas implantadas, de um total de 12.000 m.

O sistema viário da região, que será dotado de sinalização, lombo-faixas e semáforos, vai ganhar ainda uma ciclovia de 5 quilômetros de extensão e pontes sobre o Braço Morto, que vão facilitar a mobilidade urbana, inclusive para o transporte público, entre os 3 bairros.

“Sabemos da importância desses investimentos para o município e para os moradores da região. Com toda a infraestrutura desse pacote de intervenções, temos certeza de que estamos no caminho certo, valorizando as famílias e garantindo melhor qualidade de vida a todos”, disse o prefeito de Osasco, Rogério Lins.

“Esse conjunto de obras têm como objetivo principal garantir mais qualidade de vida à população de toda a região. Por isso, tão importante quanto a canalização e o sistema viário, foi a conclusão do prédio que vai abrigar a Fábrica da Cultura 4.0, que vai levar atividades culturais e de lazer aos moradores”, explica o secretário de Habitação, Pedro Sotero, referindo-se à parceria com o Secretaria Municipal de Cultura, o governo do Estado e a OS Poiesis para a implantação do equipamento público, onde serão oferecidos também cursos gratuitos nas áreas de inovação e tecnologia.

No balanço geral, 56% das obras da urbanização integrada do Rochdale já estão concluídas. Mas não para por aí. O projeto também inclui a construção de 200 unidades habitacionais para famílias que foram removidas de áreas de risco do próprio bairro e a regularização fundiária, já em andamento, de 2.400 lotes, casa de papel passado aos moradores.

“Uma das principais determinações do prefeito Rogério Lins, na área habitacional, é que a gente leve melhorias às pessoas nos locais onde elas moram. Por isso, também vamos implantar praças de lazer, recreação e esportes, com espaços pet, academias ao ar livre, playgrounds e quadras poliesportivas por toda a região”, completa o secretário.

O projeto envolve ainda recuperação ambiental em mais de 50.000 m², com plantio de grama e mudas de diversas espécies de árvores.

A urbanização integrada do Rochdale é uma parceria da prefeitura com o governo federal, envolvendo R$ 88 milhões em repasses, além de R$ 60 milhões em investimentos do município. Estão sendo beneficiadas 70 mil famílias diretamente e 200 mil indiretamente.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: