Novas mudanças para Conjunto Miguel Costa de Osasco acontecem dia 25

A segunda etapa de mudanças para o Conjunto Habitacional Miguel Costa, em Quitaúna, acontece nos dias 25 de agosto e 1º de setembro. Reunião entre funcionários da Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano e famílias aconteceu na quarta-feira, 14/8, no Centro de Formação de Professores, na região central, com a presença do prefeito de Osasco, Rogério Lins.

No encontro foram apresentados aos futuros moradores as regras a serem seguidas e determinadas pela Justiça, como a proibição de entrada de carros no local, e os aspectos que envolvem a logística das mudanças, como o alerta para que não ocorram atrasos para o posicionamento dos caminhões na fila que será formada na Avenida dos Autonomistas (sentido Carapicuíba/Osasco) para a entrada no conjunto habitacional.

Cada família recebeu um documento com os detalhes da mudança e o horário em que deverá ser feita. Serão feitas 19 mudanças por hora.

Nesta segunda etapa 300 famílias vão se mudar para o empreendimento. Na primeira, que ocorreu no último fim de semana, foram 380. As mudanças agora ocorrerão somente aos domingos, das 8h às 15h.

A dona de casa Cremilda Alves Pereira, 46 anos, e a filha Beatriz, 21, que se inscreveram no Programa Minha Casa, Minha Vida, são duas futuras moradoras do conjunto habitacional, que conta com 960 apartamentos. Cada unidade tem 52m² com sala, banheiro, dois quartos, cozinha e lavanderia conjugados.

Mãe e filha moraram 12 anos na comunidade que havia no mesmo terreno onde hoje está o empreendimento. Durante a construção dos imóveis, foram inscritas no programa Bolsa Aluguel. “Só tive casa própria quando era menina e morava com meus pais em Alagoas. Agora terei, graças a Deus”, disse Cremilda.

A logística de mudanças envolve agentes das secretarias de Transportes e Mobilidade Urbana, Habitação, Guarda Municipal e assistentes sociais.

A prefeitura conclui neste domingo, 18/8, as mudanças da primeira etapa de ocupação do conjunto habitacional. Das 8h às 14h30 estão programadas 173 mudanças.

ACESSO AO LOCAL

A entrada no Miguel Costa, entrave que impediu a ocupação do empreendimento desde que foi concluído em novembro do ano passado, se dará pelo acesso de nível, passando sobre a linha da CPTM, em frente ao quartel do Exército.

Os moradores também terão duas passarelas: uma na estação de trem de Quitaúna e outra no Km 21. Até que seja construído um viaduto sobre a linha férrea, que dará acesso a Autonomistas, os moradores terão bolsões de estacionamento e serviço de traslado 24 horas das estações de trem até o empreendimento

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: