No recesso escolar, plataformas digitais em Barueri ajudam alunos a seguirem com hábito da leitura

Em tempos de quarentena e agora durante o recesso escolar, muitos alunos da rede de Barueri optaram por colocar a leitura em dia, viajar no tempo e adquirir mais conhecimento.

Por intermédio das plataformas digitais adotadas pela rede municipal de ensino, como Google For Education, Mentes Notáveis, Khan Academy e Arkos, os estudantes têm acesso a uma série de livros virtuais, dos mais variados títulos.

Com a pandemia do coronavirus, muitos alunos permanecerão em casa no período de recesso escolar e a leitura é uma das grandes opções de entretenimento e cultura.

Na plataforma Mentes Notáveis, por exemplo, os livros são os mais diversos: história, musicais e aventura, entre outros divertidos temas.

Já a Arkos oferece grandes possibilidades para as crianças desenvolverem leituras a partir de recomendações de livros. Posteriormente, elas devem responder a exercícios com perguntas sobre o título escolhido e – de acordo com a pontuação – podem ganhar medalhas e figurinhas virtuais, além de participar de um ranking entre os usuários do site.

É possível conferir, inclusive, os livros mais lidos pelas crianças cadastradas. Entre eles estão “O Menino Maluquinho”, “Branca de Neve”, “Os Três Porquinhos”, “Cinderela”, “João e Maria” e “Diário de um Banana”, entre outros títulos.

A plataforma é direcionada para crianças do Ensino Fundamental I e cada livro tem recomendação para determinado ano escolar, permitindo melhor orientação e encaminhamento da criança.

O sistema é apoiado na ideia de ler para se divertir e incentiva, além da competição saudável, a interação entre as crianças e o gosto pela leitura.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: