Motoristas de ônibus confirmam greve a partir da meia-noite em São Paulo

Os motoristas e cobradores de ônibus de São Paulo confirmaram uma paralisação de 24 horas a partir de 0h desta terça-feira (14). Não houve acordo na reunião de conciliação realizada nesta segunda (13) no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) entre o SindMotoristas (Sindicato dos Motoristas e Cobradores de São Paulo) e o SPUrbanuss (Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de São Paulo).

Com data-base em 1º de maio, as negociações salariais dos trabalhadores em transporte rodoviário de São Paulo começaram em março. A proposta do SindMotoristas é um reajuste salarial de 12,47%, referente ao índice do INPC/IBGE, entre outras reivindicações, como 100% das horas extras, fim da hora de almoço não remunerada e pagamento PLR (participação nos lucros e resultados), mas não houve concordância.

“A princípio o setor patronal insistiu em oferecer apenas 10% de reajuste e ainda de modo parcelado. Agora, ofereceram os 12,47%, mas apenas a partir de outubro, o que é inadmissível”, declarou o presidente em exercício do sindicato, Valmir Santana da Paz, o Sorriso.

Diante do impasse, foi decido que a categoria fará a greve. “Sem o merecido reconhecimento, motoristas, cobradores e profissionais da manutenção cruzarão os braços nesta terça”, completou.

Segundo o sindicato, será mantida a determinação judicial de 80% da frota nos horários de pico (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e 60% nas demais horas do dia. No entanto, todos os terminais devem ser fechados à meia-noite desta segunda.

2º dia de greve parcial dos ônibus em SP

 

Fonte: Folha de São Paulo

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: