Hospital do GPACI de Sorocaba receberá recursos indicados por Danilo Balas

Recursos no valor de R$ 200 mil serão investidos na compra de equipamentos para o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI) da cidade de Sorocaba, os quais contribuirão para o melhor atendimento aos pacientes. A verba foi adquirida pelo Deputado Estadual – Agente Federal Danilo Balas, que a conseguiu via Governo do Estado. Ao receber o ofício informando sobre o deferimento dos recursos, o parlamentar destacou ser uma grande conquista, pois será empreendido na busca do desenvolvimento de serviço de qualidade aos pacientes. “Apoiar causas de combate ao câncer está dentro das prioridades do meu mandato. Quero fazer muito mais pelo GPACI”, destacou Danilo Balas.

Fundado em 1983, o GPACI é uma associação de direito privado, sem fins econômicos, de caráter filantrópico, assistencial, promocional, organizacional recreativo, cultural e educacional, sem cunho político ou partidário, com a finalidade de atender a todos que a ele se dirigirem, independentemente de classe social, nacionalidade, sexo, raça, cor ou crença religiosa. Sua principal missão é promover o tratamento do câncer, em todas as suas modalidades, dando condições dignas aos pacientes e familiares. É realizado também um trabalho para que os pacientes possam, de maneira natural, ser integrados à vida cotidiana. Essa iniciativa tem por finalidade a não estigmatização das pessoas por cauda da doença.

O Hospital do GPACI, com sede em Sorocaba, é habilitado pelo Ministério da Saúde, como Unidade de Alta Complexidade em Oncologia (Unacon), especializado em pediatria, sendo referência para 48 cidades, e presta serviços médico-hospitalares a todas as crianças de 0 até 18 anos de idade. Ele nasceu para prestar serviços em oncologia pediátrica, porém, com os avanços tecnológicos, profissionais e em sua estrutura, sua oferta de serviços foi ampliada. Há uma parceria com a cidade de Sorocaba para atender as urgências e emergências pediátricas do município para as crianças de 29 dias até 12 anos de idade, a central de regulação de vagas do município é quem gerencia os encaminhamentos das crianças que necessitam de atendimento médico-hospitalar em regime de avalição ou internação.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: