Helicóptero cai na Zona Norte de SP, e duas pessoas morrem

Um helicóptero caiu na noite desta sexta-feira (5) no Jaraguá, Zona Norte de São Paulo. Duas pessoas morreram, segundo o Corpo de Bombeiros.

O acidente aconteceu na Avenida Fernando Mendes de Almeida, 2.000, na região do pico do Jaraguá, e perto de uma chácara. Seis viaturas dos bombeiros foram para o local.

A queda aconteceu próxima a uma torre de alta tensão.

O modelo do helicóptero é um Agusta 109-E, prefixo PP-JMA, fabricado em 2010 e com capacidade para sete passageiros. A operadora da empresa é a Majam, que tem três sócios. Um deles, José de Menezes Berenguer Neto, é do conselho de administração da XP.

Não havia ninguém da empresa na aeronave, segundo a assessoria de imprensa do banco.

Os bombeiros encerraram os trabalhos por volta das 21h40. “As causas da tragédia serão investigadas pelos órgãos competentes. Todas as viaturas do CB [Corpo de Bombeiros] já deixaram as vítimas fatais e o local aos cuidados do policiamento”, disse a corporação, no Twitter.

Em nota, a Força Aérea Brasileira (FAB) informou que foram acionados investigadores do Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) para apurar as causas do acidente.

“Na Ação Inicial são utilizadas técnicas específicas, conduzidas por pessoal qualificado e credenciado que realiza a coleta e confirmação de dados, a preservação de indícios, a verificação inicial de danos causados à aeronave, ou pela aeronave, e o levantamento de outras informações necessárias ao processo de investigação. O objetivo das investigações realizadas pelo CENIPA é prevenir que novos acidentes com características semelhantes ocorram. A conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade de cada ocorrência e, ainda, da necessidade de descobrir os possíveis fatores contribuintes”, diz o texto.

Fonte: G1

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: