Greve de ônibus em São Paulo prevista para o dia 06 de junho é suspensa por retomada de negociações

Após reunião de conciliação no TRT (Tribunal Regional do Regional do Trabalho) nesta sexta-feira (03), o Sindmotoristas concordou em suspender a greve de ônibus em São Paulo que tinha sido anunciada para a próxima segunda-feira, 06 de junho de 2022.

A entidade tomou a decisão após compromisso do SPUrbanuss, sindicato das empresas de ônibus, em manter negociações.

Pelo acordo, as conversas devem ir até o dia 07 de junho de 2022 e deve ocorrer uma nova audiência para definir se novas propostas serão apresentadas e aceitas pela categoria para aí sim definir se terá ou não greve de ônibus.

*Os sindicatos, respectivamente, da categoria econômica e da categoria profissional, informaram que retomaram as tratativas diretamente entre eles, comprometendo-se a permanecer em negociação até a data de 07/06/2022, terça-feira, quando deverão informar a este Tribunal sobre o resultado dessas negociações.

Ante a retomada das negociações a greve anunciada para a próxima segunda-feira (06/06/2022), fica suspensa, comprometendo-se o sindicato profissional a aguardar possível nova audiência neste Tribunal antes que o movimento grevista tenha início, caso as negociações se tornarem infrutíferas.

Em nota, a SPTrans diz que espera que o acordo seja cumprido.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da SPTrans, informa que em reunião de conciliação realizada na tarde desta sexta-feira, 3 de junho, na sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT), ficou acertado entre os representantes dos empresários e dos trabalhadores a suspensão da paralisação programada para segunda-feira. Durante o encontro ficou decidido que uma proposta de acordo entre as partes será apresentada ao Tribunal na terça-feira, 7 de junho, com o compromisso de que não haverá qualquer paralisação sem que o TRT seja comunicado com antecedência.
A reunião foi resultado de decisão liminar expedida pela Justiça do Trabalho, na noite de terça-feira, 31 de maio, a pedido da SPTrans, na qual ficou determinada também a manutenção de 80% da frota operando nos horários de pico e 60% nos demais horários, sob pena de multa diária de R$ 50 mil.
A SPTrans espera que o acordo seja cumprido e ressalta que a decisão liminar segue válida. A empresa continuará acompanhando as negociações trabalhistas entre os operadores de ônibus e as empresas concessionárias e espera que haja entendimento entre as partes, para que a população de São Paulo não seja prejudicada.

Veja a ata

TERMO DE AUDIÊNCIA Nº 002/22 (videoconferência)

 Processo TRT/SP nº 1001580-03.2022.5.02.0000

 DISSÍDIO COLETIVO DE GREVE

   Aos três dias do mês de junho do ano de dois mil e vinte e dois, às 16h, por meio do Sistema de Videoconferência da Plataforma Zoom, sob a Presidência do Exmo. Sr. Desembargador Relator DAVI FURTADO MEIRELLES, apregoadas as partes, foi aberta a audiência de Instrução e Conciliação do processo supra, entre partes:

 SÃO PAULO TRANSPORTE S/A – SPTRANS e SINDICATO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DE SÃO PAULO – SPURBANUSS; Suscitantes.

 SINDICATO DOS MOTORISTAS E TRABALHADORES EM TRANSPORTE RODOVIÁRIO URBANO DE SÃO PAULO – SINDMOTORISTAS; Suscitado.

 Está presente a Exma. Sra. Procuradora Regional do Trabalho, Dra. Laura Martins Maia de Andrade.

 Está presente o Assessor do Desembargador, Sr. Sandor Ney Resende.

 Presente a Servidora da Imprensa do Tribunal, Sra. Fernanda Porcaro.

 A Suscitante SPTRANS comparece representada pelo Preposto e Diretor de Operações, Sr. Wagner Chagas Alves e pelos advogados Drs. Luciano José da Silva, OAB/SP nº 223.462 e Valéria Maria de Campos, OAB/SP nº 240.921.

 A Suscitante SPURBANUSS comparece representada pelo Presidente, Sr. Francisco Christovam e pelos advogados Drs. Carlos Alberto Fernandes Rodrigues de Souza, OAB/SP nº 53.496, e Sonia Maria Garcia Mistrello, OAB/SP nº 77.390.

 O Suscitado SINDMOTORISTAS comparece representado pelo Presidente em exercício, Sr. Valmir Santana da Paz e pelo advogado Dr. Antonio Rosella, OAB/SP nº 33.792.

 Os sindicatos, respectivamente, da categoria econômica e da categoria profissional, informaram que retomaram as tratativas diretamente entre eles, comprometendo-se a permanecer em negociação até a data de 07/06/2022, terça-feira, quando deverão informar a este Tribunal sobre o resultado dessas negociações.

Ante a retomada das negociações a greve anunciada para a próxima segunda-feira (06/06/2022), fica suspensa, comprometendo-se o sindicato profissional a aguardar possível nova audiência neste Tribunal antes que o movimento grevista tenha início, caso as negociações se tornarem infrutíferas.

 Até que se conclua o processo de negociação coletiva, e até mesmo se houver necessidade de julgamento do presente dissídio coletivo de greve, fica mantida a tutela antecipada já concedida por este Relator.

 A SPTrans aguarda e acompanha as negociações que ocorrerão entre os sindicatos.

 O Ministério Público do Trabalho aguarda as negociações que prosseguirão para se manifestar posteriormente.

 Nada mais.

Cientes as partes e o MPT.

Audiência encerrada às 16h23min. 

   

DAVI FURTADO MEIRELLES

Juiz(a) do Trabalho

As reivindicações da categoria são:

– Reajuste Salarial de 12,47%, mais aumento real;

– Vale Refeição de R$ 33,00 (unitário);

– Equiparação de todos os benefícios para os trabalhadores e trabalhadoras das empresas do sistema complementar (empresas novas);

– Participação nos Lucros ou Resultados (PLR) de R$ 2.500,00;

– Fim das escalas com uma hora para refeição sem remuneração;

– Reajustes nos valores dos benefícios: Auxílio Funeral, Seguro de Vida, – Convênio Médico e Odontológico etc;

– Adequação das nomenclaturas do Plano de Carreira do Setor de Manutenção, equiparação salarial e promoção para funcionários e funcionárias Fora de Função.

 

Fonte: Diário do Transporte

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: