FIEB promove experiência inédita no metaverso em Barueri

“Um pequeno passo para a escola, um grande salto para a educação!”. Parafraseando Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na lua, a FIEB anuncia mais uma iniciativa pioneira da atual gestão: a estreia da Fundação no metaverso.

Durante a última terça-feira (dia 10), alunos dos cursos técnicos de Análises Clínicas, Enfermagem, Farmácia e Química foram convidados a participar de uma experiência inédita em realidade virtual, promovida pelas professoras Rosi Volgarin, Eliana Kobaiassi e Sandra Bozolan, integrantes da Unidade de Gestão de Projetos e Inovação da Fundação. O encontro aconteceu no gabinete do superintendente Luiz Antonio Ribeiro, e contou também com a presença da diretora de Gestão Educacional Cláudia Zanelato, de coordenadores e outros membros da equipe pedagógica.

Mas o que significa essa experiência no metaverso e como ela pode interferir na educação?

Mediante os avanços tecnológicos, a chegada do metaverso apresenta um enorme potencial para tornar a aprendizagem mais interessante aos estudantes. Neste sentido, a FIEB, sempre atenta às inovações do mercado, adquiriu dois modelos de óculos de realidade aumentada da Meta – empresa dona do Facebook -, que no dia anterior (9) inaugurou sua primeira loja física na cidade de Burlingame (Califórnia). Em posse dos equipamentos apenas um dia após o lançamento, a FIEB já está desenvolvendo projetos que prometem aprimorar o ensino técnico da Fundação.

Através das lentes deste novo olhar para a educação, alguns alunos da unidade Engenho Novo (escolhida por hospedar cursos da área de saúde – uma das mais beneficiadas pela tecnologia do metaverso), embarcaram em uma experiência imersiva, onde puderam vivenciar um pouco da realidade da profissão. Dentro de um ambiente virtual dedicado ao atendimento de pacientes, por exemplo, os alunos de Enfermagem utilizaram os óculos de realidade aumentada para aplicação de vacinas e até o manuseio de um desfibrilador em um avatar com parada cardiorrespiratória.

Além dos exercícios técnicos, o encontro rendeu momentos de descontração entre os alunos, que experienciaram jogos diversos de realidade aumentada, como passeio em uma montanha russa e a visita ao topo da Torre Eiffel, em Paris.

Uma das primeiras interações da FIEB com os alunos no metaverso poderá ser feita através de palestras e reuniões pedagógicas, onde os docentes utilizarão avatares, óculos de realidade virtual e luvas de captura de movimento para conduzir a interação com os alunos. Importante destacar que, nesta configuração, mesmo sem os equipamentos, será possível participar da transmissão através de link compartilhado via Youtube, Teams ou qualquer outro canal de comunicação.

Para o superintendente da Fundação, Luiz Antonio Ribeiro, proporcionar este momento aos alunos foi a realização de mais um sonho da atual gestão: “estamos testemunhando uma disrupção inédita na educação, um vislumbre das infinitas oportunidades que a realidade virtual oferece a esta nova leva de profissionais. O futuro está no metaverso. A FIEB está no metaverso. Sejamos todos bem-vindos!”, declarou.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: