Deputado Cezar quer instituir a Semana de Prevenção para proteger crianças dos males causados por celular e computador

De acordo com Pesquisa do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, o número de crianças que usam óculos de grau dobrou nos últimos dez anos. Destas, quatro em cada dez apresentam miopia. Preocupado com essa situação, o deputado estadual Cezar institui em seu projeto de lei nº 979/2019, a “Semana de Conscientização e Prevenção sobre os males causados pelo uso intenso de celulares, tablets e computadores, por bebês e crianças”, a ser realizada anualmente na primeira semana do mês de Novembro.

O objetivo é estimular a realização de campanhas de prevenção que incentivem as crianças a realizarem atividades em ambientes externos diariamente; a não aproximarem demais os olhos dos celulares, tablets e computadores; a cada uma hora tirarem o olhar das telas e focalizarem objetos distantes; e mostrar que o uso desses equipamentos, por crianças de 2 a 5 anos, não deve ultrapassar uma hora por dia, etc.

“A Semana poderá ser celebrada com palestras e reuniões elucidativas e preventivas para a população na rede pública de ensino e saúde; propaganda em emissoras de rádio e TV; distribuição de informativos, entre outras iniciativas que contribuam para a conscientização”, explicou o autor da propositura que foi distribuída à Comissão de Constituição, Justiça e Redação, e ainda passará pelas Comissões de Saúde e de Finanças, Orçamento e Planejamento na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Na justificativa do PL, Cezar ressalta estudos que confirmam os males causados pelo uso intenso de celulares, tablets e computadores, por menores, como o levantamento do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. O estudo mostra que 20% das crianças em idade escolar apresentam a+.lgum problema de visão e são mais suscetíveis ao excesso do uso de telas, como celular, tablet e computador, por estarem em fase de formação.

Outra citação é referente a Academia Americana de Pediatria que orienta que até os dois anos de idade os bebês não devem ser expostos às telas dos celulares, tablets e computadores e até mesmo televisão, pois há vários estudos, já confirmados, de que a exposição as telas não contribui para o aprendizado de bebês, enfatizando que estes aprendem melhor com as experiências da realidade.

Segundo o médico dr. Ivan de Oliveira, as atividades em espaços abertos favorecem o desenvolvimento de outras áreas, não somente a visual; e se precisar passar um tempo maior na tela, por conta de um trabalho escolar ou algo do tipo, a cada uma hora que ficar em frente a tela, deve ter 10 a 20 minutos de descanso, relaxando o músculo ciliar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: