Defesa Civil Nacional conscientiza jovens do Ensino Médio sobre a percepção de risco de desastres no Brasil

Com o objetivo de levar informações sobre a percepção de risco de desastres no Brasil e a importância da adoção de medidas de autoproteção, a Defesa Civil Nacional recebeu, nesta quarta-feira (8), 80 alunos da 2ª série do Ensino Médio do colégio Nossa Senhora das Graças, em São Paulo. Os estudantes visitaram, em Brasília, as instalações do Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad).

A visita começou com uma palestra sobre o funcionamento e o papel do Cenad na gestão de riscos de desastres no País. Na sequência, os alunos visitaram as salas de monitoramento e alerta e de gestão de crises. A dinâmica incluiu ainda um jogo de perguntas e respostas com os jovens. Os vencedores ganharam coletes da Defesa Civil Nacional.

O diretor do Cenad, Armin Braun, destacou a importância da visita. “Um dos nossos principais desafios é desenvolver na população brasileira a percepção do risco de desastre. Com isso, as pessoas conseguem estar mais preparadas e desenvolver a capacidade de adotar medidas de autoproteção e de proteção comunitária”, destacou. “Diante disso, o trabalho com os jovens tem dois aspectos muito importantes. O primeiro é que provoca uma mudança no dia a dia, uma vez que as crianças e os adolescentes conseguem conscientizar a própria família. E o segundo é que esses jovens vão se tornar cidadãos adultos logo mais, ou seja, serão profissionais mais conscientes”, observou.

O professor de biologia Luiz Antônio Bezerra acompanhou a turma na visita ao Cenad. Em 2012, ele esteve no centro pela primeira vez. Agora, voltou com outro foco. “Nós temos uma disciplina que se chama Ciências da Natureza Integrada e, neste momento, estamos trabalhando a questão das cidades resilientes e das áreas de risco. Portanto, a vinda dos alunos para o Cenad tem a função de mostrar como o Governo Federal e a Defesa Civil Nacional atuam. A ideia é unir o que eles aprenderam em sala de aula com a prática”, explicou.

O tema das cidades resilientes desperta o interessa da estudante Alice Leite Calazans, de 16 anos. “É um assunto que eu gosto muito, um debate que envolve não apenas a matéria de exatas, mas, também, questões políticas, sociais e econômicas. Muitos temas podem ser abordados em torno dos desastres, o debate é amplo. Essa visita é uma oportunidade única, de ver de perto como tudo funciona”, completou.

A visita de alunos ao Cenad é um projeto que a Defesa Civil Nacional pretende manter e ampliar. “Diante do impacto positivo dessa ação, a ideia é que isso seja constante e atinja cada vez mais estudantes”, adiantou Armin Braun.

 

Ministério do Desenvolvimento Regional

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: