Cultura de Jandira realiza bate-papo com artistas sobre auxílio emergencial da Lei Aldir Blanc

A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Jandira realizou um bate-papo online e presencial abordando como tema a Lei Aldir Blanc. Participaram da conversa artistas e representantes culturais do município através de aplicativo online e, também, presencialmente, respeitando os protocolos de saúde e o distanciamento social.

O objetivo do encontro foi para esclarecer ainda mais como funciona o auxílio emergencial voltado para classe artística que teve suas atividades interrompidas devido à pandemia da Covid-19. Diferente do auxílio emergencial pago pelo Governo Federal a trabalhadores informais e de baixa renda, os recursos da Lei Aldir Blanc não serão disponibilizados pela Caixa Econômica Federal. A verba será transferida pela União aos estados e municípios, que farão o repasse aos beneficiários.

Foi colocado em pauta quais os critérios estabelecidos pela Lei e quais as diretrizes a serem criadas pelo município, com a participação da sociedade civil, para que os artistas possam ou não ser contemplados pelo auxílio emergencial.

A Lei Aldir Blanc prevê a liberação de R$ 3 bilhões para o setor cultural em todo o país. Espaços artísticos vão receber subsídios mensais que variam de R$ 3 mil a R$ 10 mil. Trabalhadores terão direito a três parcelas de R$ 600.

Encontro intermunicipal

Além do bate-papo com a classe artística da cidade, a Secretaria de Cultura e Turismo de Jandira realizou um encontro no início da semana passada com secretarias de cultura de cidades vizinhas, a fim de trocar ideias e trazer um fortalecimento neste processo para a cultura da região oeste. Estiveram presentes no Espaço Biguá representantes das secretarias de Itapevi e Pirapora do Bom Jesus, além de manter conversas com os municípios do Cioeste.

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: