Barueri

Construção de redes de esgoto e galerias de drenagem no Jardim Nova Itapevi atinge 35% de obras concluídas

Objetivo é acabar com enchentes na Rua Professor Dimarães Antonio Sandei, além de oferecer melhor infraestrutura para população e empresas

Iniciada no final de outubro do ano passado, a construção de rede coletora de esgoto e galerias de drenagem pluvial na região da Estrada do Itaqui, no Jardim Nova Itapevi, está com 35% das obras concluídas. A informação é da empresa Itapevi Sanca Empreendimentos Imobiliários SPE Ltda., que executa as intervenções em parceria com a Prefeitura.

Os trabalhos se iniciaram na Avenida Portugal, passando pela parte alta da Estrada do Itaqui, seguindo até a Rua Professor Dimarães Antonio Sandei e a Rodovia SP-029 PM Cel. Nelson Tranchesi, no Jardim Nova Itapevi.  Nesta semana, a execução avança ao longo da Estrada do Itaqui no sentido da Avenida Portugal, em direção à Avenida Presidente Vargas.

Ao todo, serão executados 996 metros de obras de drenagem e 737 metros de colocação de rede coletora de esgoto, sendo esta última obra com a supervisão da concessionária Sabesp. As obras devem ser concluídas até o início de março.

A Sanca é proprietária do Centro Logístico de Itapevi II, localizado na região das obras. A companhia solicitou à Prefeitura autorização para realizar as intervenções com o objetivo de destinar as águas pluviais provenientes do centro logístico, bem como os resíduos de esgoto gerados pelo empreendimento.

As intervenções foram autorizadas pela administração municipal, com a contrapartida de que a Sanca deverá executar as obras de drenagem completas nas vias públicas afetadas. A Prefeitura também solicitou que todos os paralelepípedos da Estrada do Itaqui fossem retirados, além de exigir uma nova pavimentação do local após a conclusão das intervenções. As obras estão sendo executadas com 100% dos recursos da empresa.

“Vamos minimizar as enchentes nesta área. Isso irá proporcionar grandes benefícios às empresas instaladas na Estrada do Itaqui e região, abolindo a utilização de fossas sépticas”, explica Walter Hasegawa, secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente de Itapevi.

A Prefeitura solicita aos moradores que não estacionem veículos na via em decorrência das obras. Agentes do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) estão na região auxiliando a sinalizar os locais das obras.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: