Barueri

CDC autoriza uso de vacina contra Covid-19 em bebês a partir de seis meses nos EUA

Um painel de consultores do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos votou neste sábado (18) para recomendar vacinas contra a Covid-19 para crianças a partir de seis meses, tornando provável que uma distribuição nacional possa começar na próxima semana.

O voto de 12 a 0 a favor da mudança precisa ser assinado pela diretora do CDC, Rochelle Walensky, para que o governo dos EUA comece a lançar os imunizantes para menores de 5 anos.

A Food and Drug Administration (FDA) dos EUA autorizou na sexta-feira (17) a vacina da Moderna para o grupo de seis meses a cinco anos, e a da Pfizer/BioNTech para crianças de seis meses a 4 anos. O imunizante Pfizer já está autorizado para crianças com mais de 5 anos.

“Esta infecção mata crianças e temos a oportunidade de evitar isso”, disse Beth Bell, uma das médicas do painel, após a votação. “Aqui está uma oportunidade para evitar um risco conhecido”.

A administração do presidente Joe Biden planeja iniciar a vacinação da faixa etária já na próxima semana.

“Começaremos a enviar milhões de doses de vacinas para crianças para milhares de locais que os pais conhecem e confiam – incluindo consultórios de pediatras, hospitais infantis e farmácias”, disse Biden em comunicado na sexta.

“À medida que as doses são entregues, os pais poderão começar a agendar vacinas para seus filhos mais novos já na próxima semana, com agendamentos aumentando nos próximos dias e semanas”, explicou Biden.

Enquanto muitos pais nos Estados Unidos estão ansiosos para a campanha, não está claro quão forte será a demanda pelos imunizantes. A vacina Pfizer-BioNTech foi autorizada para crianças de 5 a 11 anos em outubro, mas apenas cerca de 29% desse grupo está totalmente vacinado até agora, mostram dados federais.

A CVS Health Corp CVS.N planeja fornecer doses para crianças com 18 meses ou mais, enquanto a Rite Aid Corp RAD.N e Walmart Inc WMT.N irá disponibilizar essas vacinas para menores de 3 anos de idade. Os bebês são tradicionalmente vacinados no consultório médico.

As autoridades de saúde pública têm pressionado pela vacinação infantil antes do novo ano letivo, pois esperam que ajude a prevenir hospitalizações e mortes caso as infecções pela doença aumentem novamente.

A Covid-19 geralmente é mais leve em crianças. Ainda assim, desde março de 2020, é a quinta principal causa de morte na faixa de de 1 a 4 anos e a quarta principal causa de morte em menores de um ano, aponta o CDC.

Os conselheiros do CDC se reunirão novamente na próxima semana para considerar se devem apoiar o uso da vacina Moderna para crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Tem havido alguma preocupação com a taxa de casos raros de inflamação cardíaca em adolescentes e homens jovens da vacina Moderna. Os conselheiros devem considerar esses dados.

 

Fonte: CNN Brasil

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: