Banco de Alimentos da Prefeitura de SP abre nova chamada para o cadastramento de 50 entidades interessadas em receber doações

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, abriu uma nova chamada para o credenciamento de 50 novas entidades assistenciais interessadas em receber cestas básicas, insumos, frutas, legumes e verduras do Programa Municipal Banco de Alimentos. As inscrições estão abertas até 17 de agosto.

“O Banco de Alimentos tem sido uma importante ferramenta da Prefeitura de São Paulo para mitigar a crise causada pelo coronavírus. Esse trabalho é feito com muita dedicação e apoio das entidades cadastradas, que são responsáveis pela distribuição e entrega dos produtos para a população em vulnerabilidade”, destaca a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso. “Abrimos um novo edital para atualizarmos a nossa rede de instituições parceiras, buscando atender mais famílias que passam por necessidade durante a pandemia”, completa.

O credenciamento é exclusivo para organizações da sociedade civil sem fins lucrativos que atuem na cidade de São Paulo. Se aprovada, a entidade será responsável pela distribuição de insumos recebidos pelo Banco de Alimentos, destinadas para a população em situação de vulnerabilidade.

A entidade interessada deve apresentar presencialmente uma série de documentos, além do preenchimento dos anexos disponíveis no edital. É solicitada também a apresentação de fotos que ilustrem a estrutura da instituição, como as áreas internas, fachada, estoque e área de manipulação de alimentos.

A entidade obrigatoriamente deverá possuir um certificado de boas práticas na manipulação de alimentos, reconhecido pela vigilância sanitária ou pela Cosan – Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional. Em decorrência da pandemia do coronavírus, o edital permite a entrega do certificado emitido em cursos on-line que possuem o reconhecimento da vigilância sanitária.

As inscrições serão analisadas por uma Comissão de Avaliação, composta por técnicos e servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, o resultado será publicado no Diário Oficial da Cidade e no site: www.prefeitura.sp.gov.br/desenvolvimento.

Caso o edital receba mais de 50 cadastros de entidades aptas a participarem do programa, a comissão utilizará critérios para a avaliação das propostas, cada item terá objetivos com uma pontuação de prioridade. São eles: 1 – Território de atuação; 2 – Público-alvo majoritário; 3 – Tempo de experiência da entidade; 4 – Experiência na execução de atividades voltadas para a geração de renda, qualificação profissional e/ou desenvolvimento social. Todo o detalhamento está disponível no anexo do edital.

A relação de documentos deverá ser entregue em um envelope único até segunda-feira, 17 de agosto, no Cresan Vila Maria, localizado na Rua Sobral Junior, 264, das 8h às 17h, somente em dias úteis. Para evitar aglomerações, é indicado que apenas uma pessoa por entidade efetue a inscrição presencialmente.

Acesse e faça o download do edital completo e modelo de cadastro: clique aqui.

 

Primeira chamada

No mês de julho, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho abriu um edital para o credenciamento de novas entidades interessadas em ingressar no programa. Ao todo, 99 organizações manifestaram interesse em integrar a rede, sendo que 49 instituições foram aprovadas e já passam a receber insumos, cestas básicas e alimentos avulsos que são distribuídos para a população.

O resultado definitivo foi publicado na edição de 8 de agosto do Diário Oficial do município.

Sobre o Banco de Alimentos

O Programa tem como objetivo arrecadar alimentos das indústrias alimentícias, redes varejistas e atacadistas que estão fora dos padrões de comercialização, mas sem restrições sanitárias para o consumo. Esses alimentos são doados às entidades assistenciais, previamente cadastradas no Banco de Alimentos, contribuindo assim no combate à fome e ao desperdício de alimentos.

A doação é submetida a uma triagem de qualidade antes de ser encaminhada às entidades assistenciais, que por sua vez, distribuem os alimentos à população, seja por meio de refeições prontas ou com pacotes de insumos.

Saiba como doar, acesse a página do Programa Banco de Alimentos no link: https://www.prefeitura.sp.gov.br/bancodealimentos

 

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: