Barueri

Apesar de conversas suspensas, Zelenski diz que Ucrânia está disposta a negociar com a Rússia

A Ucrânia se mantém “disposta” a negociar com a Rússia, ainda que as conversas entre os dois lados estejam suspensas desde a descoberta de atrocidades em várias cidades próximas a Kiev em meio à retirada das tropas russas, disse neste sábado (9) o presidente ucraniano Volodmir Zelenski.

“Estamos dispostos a lutar e a buscar paralelamente caminhos diplomáticos para parar esta guerra. Por enquanto, temos interesse em manter um diálogo de forma paralela”, afirmou Zelenski em uma entrevista coletiva ao lado do chanceler da Áustria, Karl Nehammer, que está em visita oficial ao país.

Zelenski pediu “uma resposta mundial firme”, e não apenas uma condenação, após o bombardeio mortal desta sexta-feira (8) contra uma estação ferroviária em Kramatorsk, no leste da Ucrânia, onde muitos civis tentavam fugir de uma iminente operação russa de grande envergadura.

“É mais um crime de guerra da Rússia pelo qual algum dos envolvidos deverá ser responsabilizado”, disse o presidente em mensagem de vídeo após o ataque com míssil que matou 52 pessoas, incluindo cinco crianças.

“As potências mundiais já condenaram o ataque da Rússia a Kramatorsk. Esperamos uma resposta mundial firme contra este crime de guerra”, acrescentou.

O presidente dos Estado Unidos, Joe Biden, denunciou uma “horrível atrocidade” de Moscou, que, por sua vez, negou envolvimento no ataque, assegurando que não dispunha do tipo de míssil usado e que o bombardeio tinha sido uma “provocação” ucraniana.

No entanto, um alto funcionário da Defesa americana destacou que os russos “notificaram inicialmente um ataque exitoso” e que “se retrataram unicamente após informações sobre vítimas civis”.

De fato, o ministério russo da Defesa tinha informado na sexta-feira sobre a destruição com mísseis de alta precisão de “armamentos e outros equipamentos militares nas estações de Pokrovsk, Sloviansk e Barbinkove”, localidades perto de Kramatorsk, “capital” da parte do Donbass ainda sob controle de Kiev.

 

 

Fonte: R7

 

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: