158 pessoas são detidas em festa clandestina em São Bernardo do Campo, na Grande SP

Mais de 150 pessoas foram detidas em uma festa clandestina em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, nesta quarta-feira (10).

Eles foram levados para a delegacia e liberados depois. Todos vão responder por infração de medida sanitária preventiva.

Segundo a polícia, cerca de mil pessoas participavam do evento, que ocorreu na tarde desta quarta-feira em um imóvel às margens da Represa Billings.

A policia encontrou 70 carros de luxo no estacionamento da residência, além de motos aquáticas.

A festa ocorreu no mesmo dia em que a cidade atingiu 92% dos leitos de UTI para a Covid ocupados, um dos maiores índices registrados durante toda a pandemia.

70 carros foram encontrados em estacionamento de festa clandestina em SBC — Foto: Arquivo Pessoal

Carros encontrados em festa clandestina na Grande SP — Foto: Arquivo Pessoal

Recordes

São Paulo teve nesta quarta (10) a maior média móvel de mortes de toda a pandemia. O índice superou o recorde de agosto de 2020, quando o índice chegou a 289 mortes diárias, pelo terceiro dia seguido.

A média móvel, que leva em consideração os registros dos últimos sete dias e minimiza as diferenças das notificações, foi de 312 óbitos por dia nesta quarta. É a primeira vez que o índice supera 300 mortes. O número representa um aumento de 34% em relação ao verificado há 14 dias, o que, segundo os especialistas, indica tendência de alta.

O estado registrou também 517 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24h, além de 16.058 novos casos confirmados da doença.

A média móvel de casos foi de 11.564 casos por dia nesta quarta-feira. O número é 24% maior do que o verificado 14 dias atrás, o representa uma tendência de alta.

Além disso, a taxa de ocupação de UTIs do estado de São Paulo também alcançou seu maior índice histórico, com 82% dos leitos ocupados. Na Grande São Paulo, a taxa média é de 83,6%.

O número de pacientes internados bateu recordes todos os dias desde 27 de fevereiro: naquela data, o estado tinha 15,5 mil pacientes em leitos de internação, valor que já constituía um recorde.

Fonte: G1

Siga nas redes:
Instagram: jornalimprensaregionalregoeste
Site: jimprensaregional.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/pg/jimprensaregional

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.Os campos obrigatórios são marcados *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: